QUERO ESTAR AQUI...!!!

Quero estar aqui pra tanta gente...! Quero acender um sorriso em cada olhar! E onde eu passar, quero ter esse poder de transformar tristeza em festa, curar dores, enterrar nostalgias, acordar esperanças, iluminar sonhos... Fazer da minha Vida um pouco de PAZ para alguém!!!

MusaMisteriosa

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

PERCORRO TEU CORPO...SALIVO TE


Na foz do meu desejo,
Nasce em minha boca o teu beijo,
E expandem trilhões de células do meu corpo...
Ânsias a palpitar me cobiçam inteira,
Desmaiam as estrelas da noite no céu da tua boca...
Dançam nossas línguas ao som das batidas de nossos corações,
Tateias-me com teus dedos,
Enquanto saboreio o teu sorriso!
Procuramos sorver o paladar da nascente de todos os sentidos,
Deslizando nas linhas sinuosas dos teu corpo e nos teus lábios rubros e ardentes,
AH é essa boca que acende as minhas vontades...
Onde as nossas línguas de fogo se buscam,duelam,serpenteiam,seduzem...
O Teu beijo é um mergulho íntimo e lascívio,
É aonde me vens encontrar secretamente...
É aonde me vens resgatar sem pressa...
É aonde me vens embriagar de prazer...
E despertar meteóricamente do meu corpo que agora pertence ao teu!
É o fechar dos olhos...sentir...e completamente te entregar!!!
Te desejo com carinho doce

DEIXAS ME FORA DE MIM DEUSA


Invades meus pensamentos
Me deixas esquecido em teus olhos
Procuro o segredo do que fazes em mim
Minhas mãos percorrem teu corpo
Num caminho de prazer
Nos rumos do nosso querer
Um calafrio de emoção percorre tua pala macia
Teu corpo se entrega ao prazer
Deslizando, avanço teu íntimo
Diante da tua beleza, vou contra a correnteza
Almejo estar em teus braços
O meu peito arde em chamas
Teu corpo é brasa
Que vai desvendando os mistérios do meu ser
Derramo sobre o teu corpo o pecado consumado
Um instante para saborear o momento presente, quase ausente
Rosto iluminado para um sorriso
Vejo o desejo de quem quer mais.
Quero mais!
Minha razão me diz para esquecer
Meu coração bate por você, o que fazer?
Então procuro guardar o que sinto
E nessa viagem prometo voltar
Somente para te tocar
E teus lábios docemente beijar.

TE DESEJO SEMPRE .
Te sonho em segredo doce

(carinhos_doces)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Amo sentir assim uma Mulher madura


Isso...assim...vem...
Me abraça...Me aperta
Me morde...Me arranha
Me deita de pernas abertas

Isso...não para...não para
Não para...faz mais
Me lambe...Me beija
Me suja...Me deseja
E volta a me lamber
Beija a minha boca
E me enche de prazer

Isso...assim...minha paixão
Vai...vai...me enlouquece!
Rasga a minha roupa
Arranca a minha calcinha
Morde a minha orelha
Me faz tua rainha
Beija os meus seios,
Meu sexo...minhas coxas
Se apodera do meu corpo
Faça tudo o que quiser
Me possua por inteira
Me enche de amor
Me faz tua mulher

Ahhhhh!....que bom!
TE SONHO

Deixa eu degustar tua doçura...
Deixa eu provar tua ternura...
Vem me servir assim !!!
Tua nuca... vou mordiscar
Teu cabelo... vou segurar
Tua boca... vou beijar
Tua língua... vou sugar
Teus seios... vou acarinhar...
E teu desejo... vou realizar...
E nesse prazer vamos nos lambuzar...

Ousei Contigo Sonhar


Não sei o porquê mas ousei sonhar
Imaginar que podia chegar-te
Tocar-te como um ser comum
Beijar-te na calada noite enquanto dormes
Como toda mulher apaixonada
Esquecendo-me que não era meu esse sonho
Esqueci por instantes
Que isso não me era permitido
Ousei sonhar contigo
Sem ver o meu lugar
Subi a escada que nos afastava
Deixei-me levar no balanço do sonho
Desculpa-me pela minha ousadia
Perdi a razão no dia
Que deixei minha imaginação voar
Desculpa-me ter sonhado
Desculpa ter tocado
Desculpa-me
Se subi os degraus mais belos
Já mais os deveria ter pisado
Com tamanha ousadia
Nunca se pode subir a escada que toca um anjo
Já mais os deveria ter subido
Para poder beijar teus pés
Desculpa-me
Por ter acreditado que estava á altura
Que poderia subir até ti
Sem ver que meu degrau é o ultimo
Por ter esquecido
Que a minha escada não tem mais degraus
Desculpa-me a ousadia
Sonhei um sonho que não me pertencia
Sonhei o mais belo de todos os sonhos
Em que tudo é perfeito
Em que tu és o anjo mais belo
Coberto pelo manto dourado
Abrilhantado com os raios do sol
Reflectindo a beleza dos teus olhos
Sonhei com um sonho que me deu vida
Olhei teus doces olhos
Com vontade de que me encantassem
Toquei tua face para sentir a doçura da tua pele
Encostei-me em teu peito em busca
Da frescura de teu corpo
Da segurança da tua paz
Foi lindo sonhar
Foi como viver pela primeira vez
Renascer das cinzas amargas
Sentir o coração saltar sem o poder controlar
Ouvir o rir interior sem o poder calar
Deixar saltar o brilho dos olhos sem os poder fechar
Foi lindo poder um dia sonhar contigo
Foi um sonho, nada mais
Um sonho que me fez viver uma vez
Sentir o ferver da pele
O secar dos lábios
O cair de lágrimas de prazer
Mas…….
Um estrondo de verdade fez com que acorda-se
E vi meu sonho lindo….
Indo lentamente como uma folha solta no vento
Como um golfinho dançando por entre as ondas do mar
Ele foi lentamente ….Despedia-se de mim
Desculpa-me
Foi ousadia minha sonhar em te alcançar
Pensar que um dia poderia te tocar mais e mais
Sonhar que um dia
Os teus lábios, eu poderia tocar livremente
Enquanto dormirias serena
No degrau dourado que ocupas
Coberto do manto branco angelical
Foi ousado… Sonhar
Foi pecado….. Tocar-te
Foi milagre……. Beijar-te
Foi lindo…… Foi ousado
Foi pecado…..Foi milagre
Foi um sonho
Do qual já mais vou querer acordar….

Amigos tb dizem TE AMO mesmo que seja em segredo e sonhos doces

domingo, 20 de novembro de 2011

Amando te em Segredo


Segredos de amores são passarinhos
Que pousam,quando a angústia desespera,
No olhar de quem constrói antigos ninhos
No abismo solitário das quimeras.
Segredos são silêncios agitados
No leito de antigos pesadelos ...
No instante em que eles são compartilhados,
A linha embaraça os novelos.
Ocultas, por pudor, os teus segredos,
Mas podes demonstrar, silenciosa,
Que a dor procura amor dentro dos medos
Da ausência desse amor... maravilhosa.
A lágrima é rio cujas águas
Dissolvem a mudez num riso antigo
Que chora a solidão de tantas mágoas
E num oculto amor procura abrigo.
Se não podes dizer tudo o que sentes,
Revela, através do teu olhar,
As tuas solidões mais exigentes
Que fazem teu amor rir... e chorar.
Quem sabe, alguém sorria ou também chore
Pedindo que a tua solidão
Entenda o seu segredo, e te implore
Que o guarde dentro do seu coração.

Quem não tem momentos de solidão e vazios?
Quem não sente desejos de realizar e partilhar sonhos loucos de amor
Quem não ama se sentir desejada e seduzida?
Quem não tem momentos de carente de miminhos e colinho?
Quem não se sente sozinha mesmo rodeada de muita gente?
Quem não precisa de sentir intensidade sem rotinas numa relação ou nos momentos de solidão e desejos de amor e saciar algum vazio?

Cumplicidade e partilha em segredo aguçam o desejo de realizar

Mesmo amando e sendo amada sempre falta algo mais intenso e sem rotinas.
Então tem este cantinho para poder sentir-se MULHER sem rodeios e segura.

Obrigado por vc estar no meu e SEU, NOSSO cantinho secreto e único
Um paraíso de Momentos Sublimes e Mágicos
Beijinhos de carinho e ternura

carinhos_doces

Teus segredos...


Quero descobri-los
desvendo-te...descubro-te...
Teus segredos
não vendo
Teus segredos sem vendas
me perco...saboreio
aguço os meus desejos
me lambuzo em gozo
Sacio-me...na tua boca
que me provoca...
no teu corpo que me chama
me pede...implora...
por muito mais
Quero te dar mais
te mostrar um novo sentido a vida
Te desejo em todos sentidos
assim eu vivo
deliro com tuas acções
Me delicio entre tuas coxas
deliro junto contigo
gozamos juntos
muitas vezes...
quando descobrimos juntos
nossos segredos mais insanos
Quero mais de ti
sentir-te minha...
entregue aos meus encantos
desejo-te já...
sem limites...nem segredos
saborear-te a pele
os fluidos que escorrem
e que brotam da essência
Daqueles segredos nossos!

Te sonho e te adoro em segredo doce

carinhos_doces

sábado, 19 de novembro de 2011

NOSSA CUMPLICIDADE


Nossa cumplicidade!!!
Quero tuas loucuras
sussurrarei palavras de carinho,
daquele amor
e da devoção que sinto
Quero sorver da tua boca
as palavras que não dizes
e sentir-te intensa
a febre do teu corpo,
esta que maldizes.
Tua hora é agora, sim...
compreendo...pressinto...
e por isso estou aqui
é esse o motivo de escrever-te
nestas linhas de poesia...
até mesmo de prosa...
canção da minha alma.
As lembranças do mar irão ficar
e nada do que viveu irá se apagar...
Livre-se da dor,
esquece a morte e viva...
viva comigo sem cerimónia
na intensidade de nosso sentir...
abre teu peito para mim
o máximo que conseguir...
Vem... quero te mostrar algo
vou jorrar meu sentimento....
aquele desejo de penetrar
invadindo a tua pele
que espera tanto tempo...
Encosta tua boca na minha
e me devora...
engole um pouco de mim,
bebe da paixão
te embriaga comigo
te mastigo provando teu mel
e garanto, se confiares
meu amor não terá fim
Nossos delírios são constantes
e o alívio...a tranquilidade
se fazem...me fazem presente...
quando ouço tua voz
e sinto teu cheiro...
fico mais feliz... contente!
por estares em minha vida
por fazeres parte dela...
mesmo que seja uma amizade
aquelas de hoje...
multicolorida...em todas as nuances
das cores do arco íris...
milhões de tons...
nesta nossa vida de cumplicidade!
Te sonho em segredo doce
(carinhos_doces )

SEGREDOS PROIBIDOS….secretos mas sonhos doces


Quero de ti o sabor dos teus beijos,
Quero toda a seiva do teu ser mulher,
Teu cheiro suave e gostoso
Teus gestos maliciosos a rondar todo corpo meu
Quero do teu ser feminino
Teus gemidos teus sussurros
Invadindo o silêncio do meu quarto
Violentando meu sexto sentido
Parar que assim eu desperto por completo
Enquanto sugo teu líquido proibido

Sentindo o calor do teu corpo, consumido pelo tesão e desejo
um sentimento faceiro e completamente louco
Embriagado com teu ser, afogado em teus beijos
Enquanto a lua serena em noite estrelada
se transforma em testemunha desta noite alucinada
Em que despretensiosos e desnudos, fizemos amor em plena calçada
Num prazer quase sem limites, restando de nós
Apenas nossos corpos exaustos e sem forças

Quero de ti os mais íntimos segredos
O mapa completo do teu ponto mais sensível
Desvendar tua nudez maravilhosa
No goza mais intenso, do entrelaças das nossas almas
Ao meu lado, em tua cama
Meu perfume, tua fragrância,
Minhas mãos, te roubando gemidos
Enquanto delira em minha virilidade humana

Teus orgasmos tão intensos, alucinam, enlouquecem
Sou tua metade que falta, você a metade que me completa
Prazer mergulhado em delírios, banhados a vinho e champanhe
Nas altas horas da madrugada, neste momento em que somos amantes
Teus olhos não dormem, tuas mãos não sossegam um só instante
Minhas vontades de homem excitado
Buscando freneticamente teu prazer, teu gozo, arrepios
Nestes versos atrevidos deixo saber nossos segredos mais íntimos
Enquanto eu te devoro, minha mulher, fêmea no cio.

Beijinhos molhados nos teus sonhos de mulher
Um Sonho em segredo doce para sentires na tua alma de MULHER linda.
(carinhos_doces )

Mensagem Doce


Carinho é fonte energética.
Carinho é caminho de amor.
Carinho nunca é demais.
A afectividade é importante, sim.
Pois, como um ser humano ainda imperfeito,
ainda aprendiz, pode bastar-se a si mesmo?
Não, amigos, a individualidade, sem dúvida,
é direito de cada um de nós.
Mas, em excesso, é egoísmo.
Viemos aqui para aprender.
Aprendizagem é sinonimo de troca de experiências,
troca de energia, troca de informações,
troca de afecto, troca e troca...
Carinho é plumagem bonita, macia, gostosa de sentir.
Quem dá afecto se fortifica; quem o recebe se acalma,
se tranquiliza, se equilibra.
Carinho é sinonimo de amor, amigos.
Amor é bálsamo para a nossa condição de criança espiritual.
Criança precisa de amor para crescer psicologicamente,
afectivamente e fisicamente saudável.
Criança precisa de apoio e de muita troca.
Portanto, também nós precisamos de afecto.
Não esqueçam desse detalhe amigos:
amor é fonte de energia, é vida, é crescimento.
Dêem e aceitem todo o tipo de afecto com verdadeiro amor.
Beijos molhadinhos de carinho
Te sonho e te adoro em segredo doce e ternurento
(carinhos_doces)

domingo, 23 de outubro de 2011

A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS. E O AMOR É UMA DELAS


Acredito piamente que a vida de cada um de nós é composta por uma sucessão ininterrupta de escolhas. Fazemos escolhas todo tempo, desde as mais simples e automáticas, até as mais complexas, elaboradas e planejadas. Quanto mais maduros e conscientes nos tornamos, melhores e mais acertadas são as nossas escolhas.

Também é com o amor. Nós podemos escolher entre amar e não amar. Afinal de contas, o amor é um risco, um grande e incontrolável risco. Incontrolável porque jamais poderemos obter garantias ou certezas referentes ao que sentimos e muito menos ao que sentem por nós. E grande porque o amor é um sentimento intenso, profundo e, portanto, como diz o ditado, quanto mais alto, maior pode ser o tombo!

Por isso mesmo, admiro e procuro aprender, a cada dia, com os corajosos, aqueles que se arriscam a amar e apostam o melhor de si num relacionamento, apesar das possíveis perdas. Descubro que o amor é um dom que deve vir acompanhado de coragem, determinação e ética.

Não basta desejarmos estar ao lado de alguém, precisamos merecer. Precisamos exercitar nossa honestidade e superar nossos instintos mais primitivos. É num relacionamento íntimo e baseado num sentimento tão complexo quanto o amor que temos a oportunidade de averiguar nossa maturidade.

Quando conseguimos ser verdadeiros com o outro e com a gente mesmo sem desrespeitar a pessoa amada? Quando conseguimos nos colocar no lugar dela e perceber a dimensão da sua dor? Quando somos capazes de resistir aos nossos impulsos em nome de algo superior, mais importante e mais maduro?

Amar é, definitivamente, uma escolha que pede responsabilidade. É verdade que todos nós cometemos erros. Mas quando o amor é o elo que une duas pessoas, independentemente de sangue, família ou obrigações sociais, é preciso tomar muito cuidado, levar muito o outro em conta para evitar estragos permanentes, quebras dolorosas demais.

O fato é que todos nós nos questionamos, em muitos momentos, se realmente vale a pena correr tantos riscos. Sim, porque toda pessoa que ama corre o risco de perder a pessoa amada, de não ser correspondida, de ser traída, de ser enganada, enfim, de sofrer mais do que imagina que poderia suportar. Então, apenas os fortes escolhem amar!

Não são os medos que mudam, mas as atitudes que cada um toma perante os medos. Novamente voltamos ao ponto: a vida é feita de escolhas. Todos nós podemos mentir, trair, enganar e ferir o outro. Mas também todos nós podemos não mentir, não trair, não enganar e não ferir o outro.

Cada qual com o seu melhor, nas suas possibilidades e na sua maturidade, consciente ou não de seus objetivos, faz as suas próprias escolhas. E depois, arca com as inevitáveis conseqüências destas.

que você se empenhe em ser forte a fim de poder usufruir os ganhos do amor e, sobretudo, evitar as dolorosas perdas. Mas se perceber que ainda não está pronto, seja honesto, seja humilde e ao invés de deixar cair ou de jogar no chão um coração que está em suas mãos, apenas deixe-o, apenas admita que não está conseguindo carregá-lo...

E então você, talvez, consiga compreender de fato a frase escrita por Antoine de Saint Exupéry, em seu best seller O Pequeno Príncipe:
Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa.

Porque muito mais difícil do que ficar ao lado de alguém para sempre é ficar por inteiro, é fazer com que seja absolutamente verdadeiro! E é exatamente isso que significa sermos responsáveis por aquilo que cativamos...

“Tenha um maravilhoso fds e que sua vida seja regida por encantos da Amizade e do Amor, que Deus lhe reserve belos momentos; mais que os ruins tbm seja motivos de força para vc se erguer e se tornar cada dia mais forte nas suas quedas, pq ninguém nunca nos disse que nossa caminhada por aqui seria só de flores, pois os espinhos servem para lapidar nossas Almas.”
Alma Blue

Um grande beijo com carinho do seu Amigo Luiz Claudio.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

O Meu estado de Alma


Tanto tempo perdido. Revolvo as memórias do meu passado e questiono a minha vivência actual. Por onde começar a mudança? Passei parte da minha vida a tentar mudar o que e quem me rodeava porque sentia a necessidade de marcar a diferença. Agora, dou-me conta que quem mudou fui eu. Todo o ar do mundo não me chega quando respiro. Parece que me falta parte de mim e que a outra não consegue subsistir. Aliás, subsiste mas não vive. É um estado vegetativo de alma. Rodear a vida e não conseguir pôr os pés dentro dela e não a deixar abraçar-me, envolver-me, desenvolver-me.
Desenvolvi mas foi para pior. A única sobrevivente deste holocausto foi a esperança e o meu maior erro reside nela. É ela a responsável pela constante desilusão. Espero não sei pelo quê, nem sei por quem. Até sei, mas prefiro não pensar muito nisso, muito menos verbalizá-lo. É como se verbalizando-o tudo assuma proporções maiores e a minha frustração se possa abater sobre mim.
Não consigo reagir. Não consigo nem tento. Porque o tentar já me requer uma vontade que não possuo. Nunca me senti parte integrante deste mundo. Fui sempre a estranha, a outsider, a weird, a pesada, por quem me dei a conhecer melhor. Houve fases em que tentei integrar-me e mais deslocada me senti. Apetece-me contemplar a vida de fora. A dos outros parece-me tão mais interessante do que a minha. A dos outros é muito mais interessante do que a minha. Porque não nasci eu com essa fúria de viver que os que me rodeiam têm? A capacidade que tenho de me fingir integrada é assustadora. E demolidora também. Mas prossigo fingindo. Fingindo que sou alegre, despreocupada, conversadora, compreensiva e interessada. Sempre fingindo... nunca o conseguindo. Já não.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Eu espero que vejas coisas que te assustam ...


Na vida que tenho e até prova do contrário, a única que terei, mais do que qualquer outra coisa, receio acomodar-me.Eu tenho ânsia de viver.Preciso de acordar a cada manhã apaixonada pelo momento e saltar da cama, saltar, não deslizar, e enfrentar assim o novo dia que se avizinha.Quando isso não acontece,não me sinto digna da benção de acordar.Odeio sentir-me assim.Tão pouco inebriada pela vida.E sei que estou carente de paixão.
O mundo inteiro está carente de paixão. Por todo o lado existem olhos baços.Corpos pouco ousados. Corações que deixam de bater acelerados.Já ninguém se apaixona de verdade.Ganhou o medo.Ganhou-me o medo.E acordar assim,já não tem o mesmo sabor de outrora.
Felizmente,não podemos contrariar para sempre a nossa natureza e existem momentos em que nos reencontramos.Não interessa se o que nos move,é um outro alguém,se um projecto profissional,se uma viagem planeada.Não interessa se lhe toco e é realizável,se o sinto e não passa de uma utopia.O importante é ter algo que nos apaixone.É tudo o que importa.Paixão.Porque todos nós precisamos de algo que nos faça saltar da cama.Que nos faça dar o último passo que fará toda a diferença e seguir em frente.Que nos faça arriscar.Que nos faça acreditar em nós e nos outros.Que nos arrebate.E principalmente,que em caso de erro, nos dê força para recomeçar de novo.Recomeçar as vezes que forem necessárias...!!Pessoalmente, adoro a palavra Recomeço.
Gosto da ideia de nos serem dadas segundas,terceiras,infinitas oportunidades.
Porque efectivamente acredito que as temos.
E merecemos!



* Extraído do filme "O curioso caso de Benjamin Button"

“Para o que vale: nunca é tarde, ou, no meu caso, cedo, para ser quem quer que queiras ser. Não temos nenhum tempo limite, pára quando quiseres. Muda ou permanece na mesma. Não existem nenhumas regras. Nós podemos fazer o melhor ou o pior disto. Eu espero que faças o melhor. Eu desejo que vejas coisas que te surpreendam. Que sintas coisas que nunca sentiste antes. Desejo que encontres pessoas com diferentes pontos de vista. Que te desafies a ti mesma. Eu espero que vivas a Vida que sempre quiseste viver. E se descobrires que não, eu desejo que tenhas a força para recomeçar tudo outra vez."

terça-feira, 13 de setembro de 2011

HOJE APAIXONE-SE


Apaixone-se definitivamente pelo seu sonho; o sonho de ninguém deve ser mais apaixonante que o seu!
Apaixone-se pelo seu talento, mesmo que seu senso crítico insista para você escolher realizar outras coisas...
Apaixone-se mais pela viagem do que pela chegada ao seu destino!
Apaixone-se pelo seu corpo - mesmo que ele esteja fora de forma, pois de "qualquer forma" ele é a única casa que você possui.
Desapaixone-se de seus medos... Eles minam sua alegria de viver.
Apaixone-se pelas suas memórias mais deliciosas; ninguém pode tirá-las de dentro de você e elas são excelentes fontes de inspiração em momentos de dor.
Apaixone-se por aquelas besteiras saudáveis que passam por sua mente entre um e outro momento de estresse; eles ajudam a sobreviver.
Apaixone-se pelo sol; ele é fiel, gratuito, absolutamente disponível e dá prazer.
Apaixone-se por alguém; não espere alguém se apaixonar antes por você, só por garantia e segurança.
Apaixone-se pelo seu projeto de vida; acredite, não dá certo fazer isto a dois.
Apaixone-se pela dança da vida que está sempre em movimento dentro da gente, mas que, por defesa nós teimamos em algemar.
Apaixone-se mais pelo significado das coisas que você conquistar do que pelo seu valor material.
Apaixone-se por suas idéias, mesmo que tenham dito que elas não serviam pra nada.
Apaixone-se por seus pontos fortes, mesmo que os pontos fracos insistam em ficar em alto relevo no seu cérebro.
Apaixone-se pela idéia de ser verdadeiramente feliz!
Felicidade encontra-se de sobra nas prateleiras de seus recursos interiores.
Apaixone-se pela música que você pode ser para alguém... Apaixone-se por ser humano!
Apaixone-se definitivamente por você!
Apaixone-se rápido!
O poder de decisão só pertence a você!

sinto-me: APAIXONADA

terça-feira, 16 de agosto de 2011

OS PENSAMENTOS


São meus apenas, teus pensamentos ou Teu Coração também?
São meus teus dias e também tuas noites?
São meus teus anseios e também os teus desejos?
Há... Quero que sejas tu o meu Sol...que me aqueces!
Se teus pensamentos são meus... deixe-me viver em ti
Sendo tua Musa,Tua Deusa...
Tua luz
Tua flor
E o perfume para te embriagar! 
Que seja o meu céu
Meu mar
Meu dia
E...eu
Serei...
A estrela guia do mais sublime e...Louco caminhar!
Viaja em Mim navegando...
Pelas  minhas veias acendendo o fogo pulsante
Delirante do sentir...
Do querer
Do prazer
De ter
De dar
De receber!
Navegua sem medo
Sou macia
Sedosa
Delicada
Sou a Flor “Rosa” de pétalas mil!
E nas noites serei...
Poesia
Sereia
Lua 
Guerreira
Estrelas
E te cobrirei como um manto de mil cores!
em teu coração ... possuirei...o enfeitarei
e com laços de cetim te prendo a mim
Num incandescente ...Fogo
Que queima... que devora
E leva aos céus em versos e prosas
Todo nosso sentir... nosso querer
Num canto elevando nossa voz
Até de o céu nos descer-mos como estrelas incandescentes
Extasiados do prazer de sermos dois em apenas “um”.
Quero que seja meu começo....
...que serei Teu fim!

HOJE OS MEUS DOCES DESEJOS SÃO....


Tuas mãos fortes em meu corpo,
que vibra intensamente,
tua boca colada à minha,
num beijo quente e ardente.
Numa pressa consertada,
em compassos isolados,
nossos corpos bem molhados,
trabalham em sintonia,
criando entre eles uma harmoniosa melodia.
Como posso resistir?
Se teus olhos me fazem delirar,
teu sorriso intenso que tens para me dar,
como? Se para mim és um doce desejo?
Se imagino teu corpo no meu,
e esqueço tudo?
Serás lembrança? Sonho? Realidade?
Ou serás a simplicidade de um amor,
.... num doce desejo

quinta-feira, 14 de julho de 2011

OUTRO TIPO DE MULHER NUA


Depois da invenção do photoshop, até a mais insignificante das criaturas vira uma deusa, basta uns retoquezinhos, aqui e ali.
Nunca vi tanta mulher nua!
Os sites da internet renovam semanalmente seu estoque de gatas vertiginosas.
O que não falta é candidata para tirar a roupa. Dá uma grana boa.
E o namorado apóia, o pai fica orgulhoso, a mãe acha um acontecimento, as amigas invejam, então pudor pra quê?
Não sei se os homens estão radiantes com esta multiplicação de peitos e bundas. Infelizes não devem estar, mas duvido que algo que se tornou tão banal ainda enfeitice os que têm mais de 14 anos.
Talvez a verdadeira excitação esteja, hoje, em ver uma mulher se despir de verdade...

Emocionalmente!

Nudez pode ter um significado diferente e muito mais intenso.
É assistir a uma mulher desabotoar suas fantasias, suas dores, sua história.
É erótico uma mulher que sorri, que chora, que vacila, que fica linda sendo sincera, que fica uma delícia sendo divertida, que deixa qualquer um maluco sendo inteligente.
Uma mulher que diz o que pensa, o que sente e o que pretende, sem meias-verdades, sem esconder seus pequenos defeitos.
Aliás, deveríamos nos orgulhar de nossas falhas, é o que nos torna humanas, e não bonecas de porcelana.
Arrebatador é assistir ao desnudamento de uma mulher em que sempre se poderá confiar, mesmo que vire ex, mesmo que saiba demais.
Pouco tempo atrás, posar nua ainda era uma excentricidade das artistas, lembro que se esperava com ansiedade a revista que traria um ensaio de Dina Sfat, por exemplo - prá citar uma mulher que sempre teve mais o que mostrar além do próprio corpo.
Mas agora não há mais charme nem suspense, estamos na era das mulheres coisificadas, que posam nuas porque consideram um degrau na carreira.

Até é.

Na maioria das vezes, rumo à decadência.
Escadas servem para descer também!
Não é fácil tirar a roupa e ficar pendurada numa banca de jornal, mas, difícil por difícil, também é complicado abrir mão de pudores verbais, expor nossos segredos e insanidades, revelar nosso interior.
Mas é o que devemos continuar fazendo!
Despir nossa alma e mostrar pra valer quem somos, o que trazemos por dentro.
Não conheço strip-tease mais sedutor.

(Martha Medeiros)

domingo, 10 de julho de 2011

A VIDA DE UM AMOR QUASE PROIBIDO..!!


Já viveste um Amor proibido?
Sabes o que é um Amor proibido?
Consegues imaginar o que sofres com um amor proibido?
As respostas....??????
Numca queiras saber.
Um amor proibido é isso que vivo actualmente, foi isso que vivemos quando nos conhecemos, foi contra isso que lutámos quando descobrimos que eramos feitos um para o outro.
....para quê????
Para neste momento estarmos separados, sofrermos mutuamente, sofrermos porque para podermos amar uns temos que nos separar de outros, temos que magoar outros, temos que viver receando outros.
TEMOS QUE VIVER AMEDRONTADOS.
Como é que duas pessoas de maior de idade e completamente descomprometidas vivem um amor proibido?????
Como????
Porque é que eu choro sabendo que me amas???
Porque é que sei que choras quando sabes que eu te adoro, que te amo????
Porque é que temos que viver tudo ocultamente novamente???? outra vez???
Porquê?????
Oh DEUS!!!!!!!!
Porque é que a Vida nos faz sofrer desta maneira???
Como é que se consegue dizer "olá tudo bem?" quando no fundo queremos abraçar, beijar, acariciar????
Como???
Porque é que não podemos gritar ao mundo por quém amamos???
Porque é que temos que ser infelizes para que outros possam ser felizes????
Acho que neste preciso momento a única coisa que nos mantém vivos e agarrados a esta de vida dura é o amor,
Proibido, por tudo, por todos, pela vida.
O preço do amor......é caro, é muito alto, é extremamente pesado, arrebenta com qualquer um, destrói qualquer um.
Contigo eu aprendi que, às vezes, os amores impossíveis trazem muito mais alegrias e benefícios que aqueles que estão ao alcance das nossas mãos.
não vou chorar porque acabou… mas sim sorrir porque aconteceu…. e vou lembrar-me de ti para sempre, sabes porque? Porque tu foste o impossível que fez a DIFERENÇA na minha vida…..!!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

You Know...I have these feelings


I have these feelings...
It's our time...
Time of magic!

Onde os sentidos
Ecoam fantasias..

Onde os desejos não são reprimidos

Contigo eu sou sempre eu...
Contigo visito o incrível...o prazer

Tu sabes...

I have these feelings
It's time of magic...

Onde descobrimos o caminho
Das vontades incontroláveis...

Onde somos uma só pele, num só corpo
Numa paixão de um só desejo...

Olha para mim...sentes?
O meu corpo a desenhar-te em movimentos?!

Because...
I have these feelings...

ESERANÇA VENCERÁ..!!


Encanta-me o silêncio da melodia silenciosa,
fora dos dias do meu voar…
Penso sem meditar,
sempre que voo em direcção a ti…
simplesmente a te olhar…

E sinto que alguém me vê…
Lá longe no cimo, dos céus,
numa estrela que me cega com a força do seu brilho,
E que me desafia com o clarão da lua na sombra tua...

E numa nuvem enorme!

Nela sonha, não dormindo,
o meu amor a quem falo sem confessar!
os meus receios mais comprimes,
as dúvidas e angustias do meu ser,
que sente sem nada no existir…

Dentro da minha alma, angústias sem fim,
desencadeiam lágrimas mudas,
que deslizam, voluntariamente,
ante a nobreza da dor de uma,
história de amor!

Sensibilizo-me.

E articulo que me falta a esperança…
Mas aqui estou, sentada ou de pé,
quase implorando a força de uma maré…
ensejo de créditos tão descrentes,
que sem eu por isso dar de conta,
me oiço a pronunciar o teu nome!

Perto de ti, que deslumbras e seduzes,
Com o brilho que se acende, mesmo num ambiente mais escuro,
Onde eu tenho vontade de estár mais de acordo com a minha aurea,

Na calma dos silêncios das brisas que me tocam…
dos anjos que me resignam, que me vêm e se importam, com o meu pequeno eu…
com a minha alma angustiada…
com o fogo que se acende e que não sinto olvidar
numa chama interior de constante afirmação,
Caio em mim e sinto-me a teu lado!

Encanta-me o silêncio da melodia silenciosa,
fora dos dias do meu voar…

Penso sem meditar,
sempre que voo em direcção a ti…
simplesmente a te olhar…

E sinto que alguém me vê…
Lá longe no cimo, dos céus,
numa estrela que me cega com a força do seu brilho,
E que me desafia com o clarão da lua na sombra tua...

E numa nuvem enorme!

Nela sonha, não dormindo,
o meu amor a quem falo sem confessar!
os meus receios mais comprimes,
as dúvidas e angustias do meu ser,
que sente sem nada no existir…

Dentro da minha alma, angústias sem fim,
desencadeiam lágrimas mudas,
que deslizam, voluntariamente,
ante a nobreza da dor de uma,
história de amor!

Sensibilizo-me.

E articulo que me falta a esperança…
Mas aqui estou, sentada ou de pé,
quase implorando a força de uma maré…
ensejo de créditos tão descrentes,
que sem eu por isso dar de conta,
me oiço a pronunciar o teu nome!

Perto de ti, que deslumbras e seduzes,
Com o brilho que se acende, mesmo num ambiente mais escuro,
Onde eu tenho vontade de estár mais de acordo com a minha aurea,

Na calma dos silêncios das brisas que me tocam…
dos anjos que me resignam, que me vêm e se importam, com o meu pequeno eu…
com a minha alma angustiada…
com o fogo que se acende e que não sinto olvidar
numa chama interior de constante afirmação,
Caio em mim e sinto-me a teu lado!

DuduMary (para Amiga Ivone)

terça-feira, 14 de junho de 2011

Fizeste-me viver novamente


Estava a sentir-me num abismo...
... mas agarraste-me a mão e aliviaste-me os pensamentos
Estava perdida mas mostraste-me o caminho
E agora, finalmente, encontrei o meu lar em ti!
Ainda me lembro dos tempos que passei
Confusa e eu sem saber o que fazer
Quase desisti, mas deste-me a esperança
Tornaste-me mais forte a cada dia que passava
Fizeste-me viver novamente!

O meu coração estava partido e só
Mas quando apareceste
Levaste-me para casa
E tornaste-a minha!
Estavas sempre lá para me dar uma mão
Quando os bons amigos eram dificéis de encontrar
Quando as coisas davam errado, tu tornavas-as certas
Tornaste os meus dias tão brilhantes
Fizeste-me viver novamente!

Olha agora para mim...
Sim, um diferente Eu
Voltei a dar os meus próprios passos
Não tenho medo de encarar o mundo novamente
Porque tu ensinaste-me a ser forte
E... fizeste-me viver novamente!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

QUANDO AMAMOS E.....!!


Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos,
resta-nos um último recurso: não fazer mais nada.
Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado,
melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram.
Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição.
Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés.
Os sentimentos são sempre uma surpresa.
Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido.
Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer.
Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...
o de mais nada fazer.

DuduMary

To Be free...


Viajo...

Na liberdade dos meus sonhos
Disposta a deixar-me ir em busca de cada...
Momento...
Meu...
Teu...
Nosso...
Recheado de pequenas coisas
Que nos façam...sentir
A nossa presença
Aqui...ali, ou em qualquer lugar que seja...
São sonhos...
Nossos...
Meus...
Teus...
Nossos...
Feitos de pequenas conquistas
Em qualquer lugar estarei...
Desde que seja Feliz
E lá esperarei, sempre
Pela tua presença...
Agora despeço-me
Sem tempo para um último...beijo
Adormeço...

DuduMary

sábado, 14 de maio de 2011

NO SONHO,NA FANTASIA,NA REALIDADE...




No sonho, na fantasia 

Caminho sobre o teu corpo 

Toco a tua pele, sinto o teu perfume 
Ouço o teu suspiro ofegante 
Uma vontade de te entregares 
Buscando em mim o teu prazer 
A todo instante. 
O teu corpo lindo e sedutor, 
No abandono de teu clímax 
Solto um grito de euforia 
No gozo de nós dois. 
Lambuzados nos desejos 
Vem descobre meus atalhos; me 
agarra com ternura; 
Inebria-me com o teu cheiro; e 
sente minha terra molhar; 
Vem, eu te quero quente ardente! 
entreabre-me veja como te aprisiono 
seduzido em fresta; 
ficas a sentir na gruta 
Estimula meu corpo em delírio por inteiro. 
Aflorando-me por dentro, desejos verdadeiros. 
Os quais me banho, sem pudor e sem rodeios. 
Você geme e suspira, eu ouço 
enquanto ofegante me vou 
Excitando em teu corpo 
minha boca te explora 
E você completamente meladinha me agarra, 
me chama de meu 
Implora que eu te cubra com meus beijos, 
ainda lambuzados da tua seiva, 
do teu néctar…


(Lipy10\05\2011)

terça-feira, 26 de abril de 2011

Um amor perfeito!,,..


"Há dias em que acordo com dez anos, o cabelo despenteado e os olhos a brilhar como duas estrelas. Podes estar ou não ao meu lado a dormir como uma criança, ou a viver na minha memória, mas sinto sempre o teu cheiro a leite e oiço a tua respiração regular e vejo o teu peito a subir e a descer ao ritmo do teu coração. O ar enche-se de açúcar em camadas invisíveis que se espalham por toda a casa e nos acompanham à rua quando saímos, sempre atrasados, porque nunca nos queremos separar.
Enquanto guio pela cidade e resolvo a minha quase infindável lista de tarefas, tu vais sentado ao meu lado, vejo-te de óculos escuros, oiço-te a cantarolar e sinto a tua mão esquerda sobre as minhas pernas. Nos sinais vermelhos, se fechar os olhos e me concentrar, a tua boca vai escorregar pelo meu pescoço acima até dobrar a linha do maxilar e percorrer a minha cara até chegar à minha boca para mergulhares em mim como uma onda salgada e doce, num beijo profundo e demorado.
Às vezes os outros carros buzinam porque estou distraída, mas não me importo, faço tudo devagar, com a doçura e a sabedoria dos eternos apaixonados que vivem a sonhar acordados, que viajam para outras cidades em sonhos, que adivinham o futuro melhor do que qualquer cartomante, que imaginam cada dia como o dia perfeito das suas vidas.
Tu és o meu amor perfeito. Não sei exactamente quem és nem em que cidade vives, mas és muito bonito, tens um coração onde cabe o mundo inteiro, gostas de ler e de rir e os teus amigos dizem que és o melhor amigo do mundo. Gostas de viajar, falas várias línguas e consegues fazer piadas em todas elas. Andas de ténis e de calças com bolsos, tens uns olhos enormes e o cabelo despenteado. Nunca serás um senhor de fato e gravata, nunca serás administrador de um banco, nunca chegarás a casa com cara de chato, como fazem aqueles maridos que deixam crescer a barriga, andam de pantufas e passam horas colados aos canais de desporto.
Tu és o meu amor perfeito, que me compra colares e me escreve bilhetes, que me dá a mão na rua, que me abraça no meio de todas as praças e me leva para a cama sem hora marcada. Tens um sorriso enorme e sempre que olhas para mim, sinto uma fábrica de borboletas no estômago e tenho vontade de rir e de chorar ao mesmo tempo, porque sabes fazer-me a pessoa mais feliz do mundo.
Não sei em que país vives ou de que planeta desceste, mas tenho a certeza que vives na terra e que, tal como eu, sonhas com um amor perfeito, feito de paz e de açúcar, um amor seguro e tranquilo que a distância não mata nem o silêncio consome. Pode ser que te torne mesmo verdade e um dia destes entres pela porta da minha casa e me digas que nunca mais te vais embora. Mas, mesmo que nunca venhas, és o meu amor perfeito, a imagem idealizada do que desejo e mereço, o sonho que me faz acordar e sentir-me outra vez com dez anos, com estrelas no olhos e o coração cheio de açúcar.
--------------------------------------------------- ------------------------------

Margarida Rebelo Pinto

...Gostas de mim...


"Gostas de mim?" perguntas tu.
Eu sorrio docemente,
Olho-te nos olhos,
Beijo-te.
"Adoro-te!" Respondo num sussurro morno
E perco-me no teu abraço quente.
Quanto se pode dizer com um abraço..
Quanto se pode dizer com um olhar, com um toque... com um beijo..
O tanto que posso sentir ao olhar nos teus olhos e ao ver o teu sorriso
O sabor único ao sentir as tuas mãos carinhosas e o calor do teu corpo

Dizes-me! Toca-me!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Alguém como tu...


Sinto falta de alguém como tu...

Simplesmente alguém
Nome vulgar...

Mas que não te torna como tal...
Alguém...para que me possa deliciar com a tua inteligência

Compreender o teu olhar...
Conhecer o som da tua gargalhada
E da tua respiração...

Sinto falta de alguém como tu...
Simplesmente alguém...

Sentir o teu cheiro
Perceber os teus sonhos...

Sinto falta de alguém como tu
Com quem possa rir e chorar sem explicar...

Quero conhecer...alguém
Alguém como tu...
Que me dês o privilégio de te tratar com carinho...

Quero deixar de me perguntar quem és...
Quero apenas...

Alguém como tu...

Ausência


Hoje a tua ausência...
Não me deixa dormir

Instalou-se em mim
Sinto-a presente...

Passeei pelo espaço
Onde ontem tu estavas...

O cheiro do lençol onde adormeces...
Vazio...

Ainda sinto o teu odor na minha pele...
E despida de pudores, saboreio avidamente
Cada momento da nossa intimidade...

Mas...

Quando foi que de nós nos esquecemos?
Que nos deixamos possuir por outras emoções?

Onde foi que nos perdemos
De tão longínquos momentos?

Hoje a tua ausência
Devora-me e devora-me lentamente...

Doce...Amargo...


Tocas-me... 
Invades-me sem pudor... 


Deseja-me... 
Segredas-me tu ao ouvido 


Não resisto 
Despertas os meus sentidos... 


Um desejo que não dá para esperar... 
Conter-me não está em mim... 
Conheces-me... 


Sou o teu pecado... 
Doce...amargo 


Numa orgia de sentidos 
Assim nos dá-mos um ao outro 
Numa loucura urgente... 


Não te rendas... 
Deixa...minha boca percorrer-te 
Inteiro de beijos... 


Na garganta o teu gemido se solta 


Vem... 


Revela-te...entrega-te 
A mim... 


Sou o teu pecado... 
O teu... 
Doce...amargo 
Pecado... 

sábado, 16 de abril de 2011

SEREI PARA TI


Serei para ti um verso de canção
No horizonte, o sol a brilhar
Ou quem sabe, a terna emoção,
Que te fez um dia sonhar

Serei para ti, o amor calmo e tranqüilo,
A chuva que cai serenamente.
Ou quem sabe, serei tudo aquilo,
Que teu coração almeja docemente.

Serei para ti, o entardecer com mil promessas,
O luar prateando teu rosto.
Ou serei aquele amor doce e gentil,
Que a ti, por Deus foi proposto

Serei para ti, a sensual madrugada,
Que entonteia de desejos o coração.
Ou quem sabe serei aquela amada,
Que quase te mata de paixão.

Serei para ti, o ar que respiras,
O alimento que precisas para viver.
Ou quem sabe, serei a derradeira mira,
Repleta de encantos, amor e prazer...

NOS TEUS OLHOS


A noite vê-se suave lá fora alheia a nós ou talvez não.
Ganha novas cores,
Cores que eu nunca tinha reparado que existiam.
Cores que o teu sorriso inventado no meu cérebro pintava agora nas paredes velhas dos sonhos de outrora.
E o teu sorriso é âmbar, laranja e cor de mel, tons de vermelho e cor de mel, tons de vermelho quente e notas de jazz tocados na minha guitarra.
Passeio contigo à noite com as estrelas duma qualquer cidade a dançarem nas águas do mar que se prolonga à nossa frente.
E… descubro o teu sabor a amoras doces.
Uma vontade imensurável de descobrir o mundo lá fora, um mundo novo nos teus olhos.....

*COMO AMAR UMA MULHER**


Amar uma mulher é preciso saber escutar cada sorriso. Sejam abertos ou fechados, ou apenas prenunciados. Numa pluralidade, o valor singular. Em seu disfarce ou sinceridade, a forma da mulher se expressar. Quando um " não " é dito como " sim...!!! " Para amar uma mulher é assim: sinta cada fio do seu cabelo. Fronteira entre a força e a delicadeza. No toque macio, enxergar a aspereza - as dores que ela guarda dentro do peito - e querer elimina las de qualquer modo, custe o que custar, de qualquer jeito. Para amar uma mulher faça dela o primeiro plano, a tua estrela. Entre o universo de amigos,o futebol, a televisão domingueira, escolhe ficar com ela, surpreendê-la. Até assumir um estilo romântico, Shakesperiano...!!! Sussurrar que a amará por duzentos anos, a toda hora, a vida inteira. Porque só um poeta e uma mulher sabem o poder das palavras...!!! Para amar uma mulher, ainda que não a entendas, aceita-a. E deita a no teu colo no desespero. Daquele choro sem motivo, em exagero. E elogia aquele batom que te convida. Daquele sem finalidade, em despedida...!!! Perdoa as suas fraquezas,o lado enciumado. Compreende que neste campo minado, se a pisares, ela explodirá. Para amar uma mulher, não é preciso esperar...!!! Ela já te espera, sabe que existes. Aceita esta poesia - palpite de uma mulher que AMA, apaixonada. Que para amar uma mulher, " basta fazer com que ela se sinta AMADA.

domingo, 3 de abril de 2011

Saboreio o silêncio...!!


Sempre que me sinto respirar
Lá estás tu...

Ocupando o meu pensamento
O que sem querer
Sem o perceber
Me faz sentir apaixonada...

E nada mais importa sentir
Do que desfrutar do momento...

Saboreio o silêncio...

Nele...escrevo
Porque sinto...mais
Cada vez mais

Um amor que me envolve
Que... me deixa em tal estado de embriaguez

Fecho os olhos...
Pensamentos atrevidos
Deixo-me levar...

Seduzida...
Pelo sabor daquele último beijo
Quente...de sabor único

Vou-te contar um segredo...
Não conheço melhor...sabor!

Assim me confesso
Assim o digo

Pois...só a ti pertenço

PRECISO DE TI..!!


Não te esqueças...!!

Preciso de ti...
Não amanhã ou daqui a dias

Mas hoje!... preciso desse teu ser
Pode ser?

Nada mais quero
Vem apenas tu...
Não te esqueças...traz contigo o Amor

Quero rasgar toda a saudade
Quero afastar toda esta solidão
Que me vence e faz desistir...

Quero poder exprimir
Este meu querer...meu sentir

Vem...
Sei que sabes que estou aqui...

No silêncio, lê e escuta...
Esta serena mensagem de pura sedução...

Peço apenas uma coisa...
Não te esqueças...traz contigo o Amor!

Só assim tocarás o meu coração com tanta intensidade
Como tocas o meu corpo!

sábado, 2 de abril de 2011

AMO A NOITE


Amo a noiteo silêncio
seus segredos...o mistério que ela traz
e meu medo

nela se desfaz,
sua sedução apaixona
traz emoção
cumplicidade
dá-me inspiração
felicidade...

Amo a noite
as estrelas
a lua
a rua
os momentos de solidão
que me fazem pensar
versos criar
de amor delirar
com teus beijos sonhar
eu teus braços me imaginar
mas mesmo só
sempre te amar

Amo a noite
sua serenidade
minhas insanidades
excentricidades
seu leito
meu peito
meus segredos
e medos
meus projetos
afetos
e desafetos
a ela confiar...

quarta-feira, 16 de março de 2011

NOITES...QUE FORAM DE AMOR


Todas as noites, antes de me recolher,
faço aquele ritual que tão bem conheces.
Vou banhar meu corpo, como se estivesses comigo,
passando tuas mãos em todas minhas formas...
Fecho os olhos e sinto tua respiração forte
em minha nuca.... Quase desmaio de prazer...
Sigo para meu quarto, completamente nua
esperando que a sensação de tua presença não se acabe.
Coloco a lingerie, aquela que mais gostas,
e me recolho, deixando acesa apenas a luz do abajur.
Meu sonho continua, e cada vez mais louca,
sinto teu cheiro, teu desejo inesgotável por mim.
Todas as amarguras do dia eu esqueço
porque em teus braços encontro a paz,
o amor, o desejo saciado, sinto-me tua,
mais do que nunca... e chego a chorar de prazer...
Adormeço entrelaçada em teu corpo
como se fossemos uma só pessoa...
Durmo tranqüila, o sono do amor perfeito,
O amor que une também as almas e os corações...
De manhã, ao acordar, sinto que deixaste
em minha boca, um beijo delicado, cheio de paixão.
Olho-me no espelho e vejo tuas marcas em meu corpo
Adorável sensação de que tudo foi real
E que voltarás, em breve,
para outra noite de amor...

terça-feira, 15 de março de 2011

...Vem apenas...


...deitar-te sobre o teu peito,
sentir o bater do meu coração...
o calor do meu abraço.

Enche a minha cama vazia,
ocupa o espaço frio,
liberta-te da roupa que fica entre nós,
sente o meu corpo nu.

Deixa-me apenas ouvir-te falar...
Deixa apenas sentires a minha mão deslizar...
Deixa sentir o calor da minha boca no teu ombro...
A tua face na minha.

Ouve a minha respiração...
aquece a minha noite...
dorme comigo agora...
que prometo acordar a meio da noite para te beijar...
..............Te voglio Bene...

...Deliver Me...


Um dia parti para o teu abraço enquanto corrias para mim...
Um dia chegaste a casa e de cá não saíste mais sem mim.
Um dia reservei-me sem me expor, era Teu sem o ser, dava-me sem me oferecer...
Um dia olhei-te e sem reservas defini-me no teu olhar, sem me ver completo no meu mundo!!!
Um dia mais tarde, aceitei a tua mão, não fugiste do meu consolo e expus a minha emoção...
Um dia mais tarde, o meu braço puxou-te, os nossos corpos deitados na cama...no Meu peito nu onde a Tua cabeça repousava, o silêncio de uma noite de amor, e o suspiro de Te sentir MINHA!!!

Quem sabe se um dia me entrego
E vivo contigo o que jamais vivi!!!!
Do Teu Anjo

...Simplesmente Tu...


O fogo do teu silêncio adormece no meu peito como pluma que perde as asas por falta de vento.
És deusa adormecida entre as pausas da vida, Eu vento que te trás as asas dos sonhos.
A alma solta-se em passos de dança, num ritmo lento e belo, colhes meu corpo como espiga dormente e levas-me como se fosses tu o próprio vento.

Este bailado propaga-se nos céus da noite, como uma galáxia que gira sobre si mesma.
Em baixo a Terra guarda-nos os corpos abandonados à própria vida, enquanto aqui, neste lugar mágico, jardim secreto, seguimos os passos um do outro numa harmonia perfeita.
Almas de pássaros que flutuam no vazio dos sonhos, entre estrelas distantes e paixões ardentes.

Teu corpo dolente não toma consciência da azáfama de tua alma, teu rosto triste não compreende a alegria do teu espírito, e neste contra-senso contorce-se como se atravessasse um pesadelo.
A noite alonga-se até ao raiar do dia, deixando a alma plena e o teu corpo exausto.
Retiro-me para repousar na minha ceara, e tu despertas para a vida!!!!!
(De Alguém especial,para Alguém Especial Tu Musa.)

Comprometidas(os)...e carentes.!!


Algumas pessoas comprometidas...( casadas ou não) têm em comum o olhar faminto, a mal disfarçada insatisfação com a vida conjugal. E uma postura ambígua que pode ser resumida da seguinte forma:

Eu não vou avançar o sinal, mas se você sugerir, vou adorar.
Por alguma razão, estas relações não trazem a serenidade, a estas pessoas, produz sentimentos, de angustia e inquietação, aprisionamento, enfim um... paradoxo.
Por isso, algumas delas tornam-se carentes, razão essa que as leva a se insinuarem para as pessoas ao seu redor.
Com maior ou menor sucesso, viola, todos os dias a única regra inviolável de uma relação:
Não expor o seu parceiro/a ao ridículo.
O que leva determinadas pessoas a agirem assim?!... São várias as razões, mas sinceramente prefiro não nomear nenhuma em concreto, algumas delas são básicas.
É obvio que estas pessoas não são felizes nas relações que têm.
Acabam por descobrir que não vivem bem na companhia um do outro.
Percebem que a vida em comum cai neles, como uma peça de roupa apertada.
Normalmente pessoas assim, já assim são em solteiras (carentes) e imaginam que casar ou viverem com alguém, resolverá a ansiedade e a angustia que sentem.
Obviamente não acontece. Os seres humanos levam para as relações aquilo de que são feitos. Assim, em pouco tempo de vida em comum, fica evidente que a outra pessoa, não vai preencher o vazio que sentem.
Muitas vezes é algo passageiro. Os mais jovens, normalmente passam por experimentar sentimentos e testar relações com menor grau de compromisso. Existem também os tais momentos de crise num casal, onde homens e mulheres se comportam como idiotas, porque estão com a cabeça em péssimo estado... os recém divorciados/as...(separados/as) costumam ser assim carentes e egoístas. Quando um relacionamento chega ao fim, é precisamente, nesta altura que as pessoas estão mais confusas, e magoadas, propensas portanto a agir sem consideração pelo parceiro/a ou pelos parceiros/as dos outros. É lógico que estas situações são aplicáveis somente a algumas pessoas.
Quando por aqui se navega e encontra-se perfis, em que se lê: "À procura" Amizade...Estado (casado/a...apaixonado/a...comprometido/a, inevitavelmente, instala-se sempre a tal postura ambígua que já referi acima " Eu não vou avançar o sinal, mas se você sugerir, vou adorar.

terça-feira, 8 de março de 2011

Ciúme virtual...!!


A net, reinventou a supresa do encontro, disfarça a procura obstinada, as preferências sexuais. Mas além de tudo isso, consegue fazer todos sentirem de outras formas, o que permanece longe dos olhos, mas pelos recursos virtuais pode ficar, ilusoriamente perto do coração. Até porque o coração, parece ser eternamente crédulo e mesmo aquilo que é virtual, ele aceita e acredita como sendo verdadeiro.
A net deu outro sentido a muitos sentimentos e o ciúme é um deles.
Será que este sentimento que alguém sente é mesmo da outra pessoa que está do outro lado frente ao écran? Será mesmo isso? Ou será que as pessoas têm ciúme do que ele ou ela estão
"falando", para alguém.
As pessoas têm ciúme do que ele ou ela, estão pensando, pois ao escrever os seus sentimentos, eles tornam-se explícitos e pior do que isto, tais pensamentos, não são dedicados á pessoa que se considera o centro das atenções, mas a alguém.
As pessoa têm ciúme de que a pessoa querida, possa estar tendo pensamentos afectuosos para com uma outra, e não para com ela. Têm ciúme de saber que aquelas palavras não foram pensadas nelas. Quem é este alguém que pode merecer tais confissões, pode desfrutar tais sentimentos. O medo fica maior ainda, quando se pensa que tais sentimentos, podem ou não existir de verdade. Invadir o perfil do outro com desconfiança, só vai prejudicar essa amizade.
Aprendamos a respeitar a privacidade de cada um por muito ilusória que ela seja.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Alguém especial


Existem pessoas que nos supreendem, demonstram ser maiores e ainda mais belas do que o esperado.
Pessoas cuja presença na vida de alguém é uma grande soma, onde se compartilham grandes porções de sentimentos.
Pessoas que em pouco tempo demonstram a diferença, em relação ás demais e que passam a dividir connosco os mais diversos instantes da nossa vida.
Pessoas em que confiamos, com quem rimos, ou choramos, com quem divagamos, divergimos ou concordamos.
Pessoas a quem nos expomos, com quem podemos ser nus e despidos de máscaras, sem medo de julgamentos ou falsa idealização.
Pessoas que nos fazem sentir bem pelo simples facto de podermos compartilhar da sua existência
Pessoas essas a quem chamamos de amigos especiais...E acredita que tu és um deles!

No prazer...


Lábios que se tocam num querer molhado...
Pernas entrelaçadas, bem movimentadas
Jamais libertadas. Nunca cruzadas.
Corpos transpirados...Húmidos de tanta luta.
Dois seres deixam-se percorrer pelo desejo...
De um poço sem fundo. No gosto profundo.
Um querer mais forte que a própria alma.
...Respiram. E suspiram.

sexta-feira, 4 de março de 2011

DEIXA-ME


Deixa-me saborear-te nesta brisa que refresca a manhã e alenta o amanhecer como faz o teu sorriso;

Enaltecer com o voo dos flamingos que me lembram a ternura-candura-doçura do teu olhar;

Inebriar e crescer com este Mar revolto que me traz à lembrança a tua virilidade,
o Teu Ser fogoso de Homem;

Deixa-me aconchegar nesta maresia que me impregna a pele como Tu fazes quando sedosamente me tocas;

Deixa-me envolver nesta Natureza que me alenta o Coração e apazigua a Alma como só o teu Abraço é capaz!

Deixa-me saciar esta sede do Teu Carinho,
Beber da Ternura
E embebedar-me da Paixão que És!

Matar a fome das Delícias-Mil de que és feito e mergulhar nas águas deste Desejo imensurável e vulcanicamente Nosso…

Deixa-me chegar a Ti,
Pegar na Tua mão
E ficar assim enternecida, como sempre,
Na tua gentil presença.

Deixa-me ficar no minuto-eternidade que vivemos à beira-mar

Deixas?