QUERO ESTAR AQUI...!!!

Quero estar aqui pra tanta gente...! Quero acender um sorriso em cada olhar! E onde eu passar, quero ter esse poder de transformar tristeza em festa, curar dores, enterrar nostalgias, acordar esperanças, iluminar sonhos... Fazer da minha Vida um pouco de PAZ para alguém!!!

MusaMisteriosa

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

QUANDO AMAMOS ALGUÉM..!!


.....
«Quando amamos alguém, não perdemos só a cabeça, perdemos também o nosso coração. Ele salta para fora do peito e depois, quando volta, já não é o mesmo, é outro, com cicatrizes novas. Às vezes volta maior, se o amor foi feliz, outras, regressa feito numa bola da de trapos, é preciso reconstruí-lo com paciência, dedicação e muito amor-próprio. E outras vezes não volta. Fica do outro lado da vida, na vida de quem não quis ficar do nosso lado.» ...."a felicidade requer esforço, também é uma forma de valentia; dá muito mais trabalho lutar por uma felicidade possível do que escolher os caminhos da resignação. mais do que sorte, é uma vocação, já o escrevi, ainda que nem sempre a tenha exercido. vivi demasiado tempo a sonhar com o impossível, e, pior do que isso, teimando que as minhas quimeras se poderiam tornar realidade. essa insatisfação impotente tornou-me anciosa, irritável, fez-me esquecer que a minha vida é a maior empresa que tenho em mãos, e que a humildade serve para reconhecer que, por vezes, perdemos o que mais valorizamos. um dos primeiros passos para se ser feliz é deixarmos de ser vítimas dos problemas. ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos, é saber falar de si mesmo sem pudor. é ter coragem para ouvir um «não» e ter a segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. e já que não posso voar por cima das pedras que me vão surgindo pelo caminho, guardo-as uma a uma, para construir o meu castelo. demorei anos a construí-lo, pensando que um dia viverias nele. e tu agora já não cabes lá dentro." ...

Magarida Rebelo Pinto

APENAS MAIS UMA MENSAGEM DE FELIZ 2011!!!!!


Ano Novo, Vida Nova!
Todo mundo sempre costuma repetir, ano após ano....
"Ano novo, vida nova".
Mas até que ponto sabemos realmente medir o peso desta

afirmação e a colocamos em prática?
Se no ano que passou, não conseguiu atingir suas metas,
concretizar sonhos, acumulou mágoas e não superou desafios inesperados, agora é à hora de abrir as janelas da mente

e do coração para o futuro.
É importante captar mensagens externas e não se esquecer de olhar para dentro de si porque o caminho para uma vida nova passa, impreterivelmente, por nosso universo interior.
A mutação de seu momento atual, enfim, depende exclusivamente de si. Depende do seu trabalho mental, em acreditar e realizar. Nada, nem ninguém poderá fazer isso por si.
A ajuda pode, sim, vir de fora, mas o impulso deve partir de si. Independentemente de sua situação atual.
Em primeiro lugar, questione com honestidade:
"Eu realmente quero mudar minha vida?"
Se a sua resposta for afirmativa, então é hora de mexer-se porque o ano-novo está aí.
Para que isto dê realmente certo, é necessário, antes de tudo, se permitir mudar.
O próximo passo é derrubar aquelas barreiras internas tão prejudiciais, como o preconceito consigo próprio, o medo, a inveja e o rancor.
E, não esqueça, o mundo ao seu redor apenas reflete o que tu és.

Feliz Ano Novo!!!

E QUE POSSAMOS SER MELHORES NESTE ANO NOVO QUE SE APROXIMA..

beijo enorme em vosso coração...grande abraço....

adoro vos.....

AMOR....É..!!


Não confundir o Amor com a Paixão dos primeiros momentos, que pode desaparecer. O verdadeiro carinho cresce na medida em que os dois estão mais unidos, porque partilham mais. Mas para partilhar é preciso dar. Dar é a chave do amor. Amor significa sempre entrega, dar-se ao outro. Só pelo sacrifício se conserva o amor mútuo, porque é preciso aprender a passar por alto os defeitos, a perdoar uma e outra vez, a não devolver mal por mal, a não dar importância a uma frase desagradável, etc. Por isso o amor também significa exceder-se, fazer mais do que é devido....!!
Feliz Ano Novo a todos que me lerem e não se esqueça o amor está em tudo que lhe rodeia..!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Nos Teus Braços..


Hoje queria poder adormecer nos teus braços e fazer do teu calor o guardião de todos os meus sonhos. Queria poder abandonar os meus sentidos a cada centímetro da tua pele e dormir na segurança do teu toque

Um dia quero que o teu rosto seja a visão última do meu dia para que o brilho dos teus olhos me crie sombras na escuridão do sono e para que a doçura do teu sorriso me vele toda a noite. Quero poder descansar a cabeça no teu peito e converter cada batida do teu coração num ritmo que me embale todos os cansaços

Quero, enfim, trazer-te prisioneira do meu afecto e do nosso amor, esquecendo-me por umas horas que as calhas do mundo giram lá fora

Roubemos-lhe, pois, um só momento, aquele em que não seremos mais que um do outro

Envolve-me, abraça-me, inebria-me, protege-me do silêncio da noite e do pêndulo do mundo

Deixa-me adormecer nos teus braços, só hoje, só por um segundo, esquece-te do tempo e vem comigo, hoje sonharemos juntos...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Natal?!?


Infelizmente a palavra Natal não passa de um lugar comum, como os dias de "qualquer coisa" espalhados pelos 365 dias do ano.
O Natal já existia quando eu nasci. Lembro-me de ver em minha casa toda a doçaria alusiva a esta época, como nas festas de aniversário, e também presentes. Havia em mim, algo que sempre faltou e que eu nunca entendi o quê!?! Faltou-me sempre o encanto que todos viam no Natal. Até que chegou a idade de querer saber a razão funda das coisas. Saí para a rua, onde as pessoas compravam e vendiam presentes envolvidos em papéis de muitas cores. Mas os que compravam e vendiam não souberam dizer-me o que desejavam. Falaram-me de como tinham de correr muito nessa época do ano; falaram-me de números e das poupanças que tinham feito; do seu esforço e de como a vida não estava boa para dar prendas. Nada sabiam acerca do Natal. Deixei-as nas suas absurdas correrias e continuei a procurar. Nas ruas, as luzes não passam de técnica comercial e, no fundo, tudo está muito escuro. E relembro as famílias, lembrando-me de como, em pequena, o Natal me rodeava de um vazio mesmo quando estava com os meus. E vejo como as famílias se continuam a juntar. E como continuam a caber muitos numa casa pequenina. Mas ficavam sentados, passando o tempo em frente da televisão. Há monossílabos e gritos. E compreendo agora que é apenas por hábito que muitas delas se reúnem. Parece-me que perderam o Natal, conservando somente a roupagem do Natal. É como se houvesse o embrulho bonito do presente, mas sem presente dentro.
Foi só quando já não sabia onde procurar que tive a minha resposta. Os meus passos vagabundos levaram-me até onde se juntam aqueles que sabem de dores. Aqueles que têm um sonho grande e umas mãos pequenas, e sofrem por não serem capazes de o concretizar. Há cegos e alguns que, vendo, desejavam ver de um outro modo. Não sei contar todos os casos, mas posso dizer que vejo uma oração nos lábios de cada um deles; nos olhos de cada um, uma lágrima e, simultaneamente, um brilho de esperança. E compreendi: o Natal é só de quem há muito espera. De quem ainda não se cansou de esperar. É só de quem sonhou além das coisas e se vê ainda muito longe. É de quem tem chorado. De quem olha para dentro de si mesmo e sente medo. De quem não encontrou ainda o seu consolo. O Natal existe apenas onde existe a falta. Nós, que temos tudo, que pensamos que temos tudo, sofremos da terrível pobreza de não sabermos sequer que somos pobres.

sábado, 18 de dezembro de 2010

AI COMO EU QUERO SER UMA CRIANÇA


Queria ser como uma criança que não vê a maldade...

Que no mundo ainda tem esperança e que só vive de verdades...

Queria ser como uma criança que em seu meio só existe igualdade

Que respeita mesmo sem ter semelhanças queria eu ser assim - ter um espirito de bondades.

Queria ser como uma criança que o sorriso contagia

Que não tem a capacidade da vingança e,como elas,pudesse transformar tudo em alegrias.

Hoje, com certeza eu digo: "se todos vivessem como crianças o mundo não teria tanta desigualdade e inimigos"...

Surpreendentemente, ainda tenho essa esperança. Que este dia, deveras gélido,mas caloroso ao mesmo tempo, não o seja apenas pelo lindo Sol que temos e, sim, que seja caloroso interiormente, em todos os existentes corações humanos...!!

EU E O MAR


Sabias que sempre que posso vou até ao mar ao fim da tarde,
Ver o sol a deitar-se, enorme, resplandecente de brilhos a nadar,
Nas águas curvadas que fazem de tela às suas cores galantes,
Em danças de mímica que me embalam o olhar…

E se perguntar ao mar se gosta dos flocos de átomos,
Quem em si se deitam embelezando-o,
Ouço nos ruídos das ondas beijando as rochas,
A afirmação plena do sim batendo no paredão salpicando-o…

E no último olhar e aceno de despedida do sol,
Ficam lençóis de cores espalhados na água e no céu,
Tricotados pela ondulação mais calada e suave,
Que pressagia o entardecer do meu sentir de ave…

E no esbater do colorido pelo horizonte,
Os silêncios do meu pensar,
Até então muito activos,
Juntam-se às ondas que se estendem pela areia,
Em preguiça e sorrisos mansos.
Que acompanham meu andar,
Calmo e sereno do que ali deixei dos meus sentidos!...

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

LINDOOOO e VERDADEIRO :))


Existem coisas pequenas e grandes coisas que levaremos para o resto de nossas vidas. Talvez sejam poucas, quem sabe sejam muitas. Depende de cada um, depende da vida que cada um de nós levou. Levaremos lembranças, coisas que sempre serão inesquecíveis para nós, coisas que nos marcarão, que mexerão com a nossa existência.
Provavelmente, iremos pela vida afora colecionando essas coisas, colocando em ordem de grandeza cada detalhe que nos foi importante, cada momento que interferiu nos nosso dias e que deixou marcas.
Marcas... Umas serão mais profundas, outras superficiais, porém todas com algum significado. Serão detalhes que guardaremos dentro de nós e que se contarmos para outros talvez não tenha a menor importância, pois só nós saberemos o quanto foi incrível vivê-los.
Poderá ser uma música, quem sabe um livro, talvez uma poesia, uma carta, um Natal, uma viagem, uma frase que alguém tenha nos dito num momento certo. Quem sabe uma amizade incomparável, um sol que foi alcançado após muita luta, algo que deixou de existir por puro fracasso.
Pode ser simplesmente um instante, um olhar, um sorriso, um perfume, um beijo. Para o resto de nossas vidas levaremos pessoas guardadas dentro de nós. Umas porque nos dedicaram um carinho enorme, outras porque foram o objetivo do nosso amor. Outras ainda por terem nos magoado profundamente.
Lá na frente é que poderemos realmente saber a qualidade de vida que tivemos. Bem lá na frente é que poderemos avaliar do que exatamente foi feita a nossa vida, se de amor ou de rancor, se de alegrias ou tristezas, se de vitórias ou derrotas, se de ilusões ou realidades.
Pensem sempre que hoje é só o começo de tudo. Que se houver algo errado ainda está em tempo de ser mudado e que o resto de nossas vidas, de certa forma, ainda está em nossas mãos....!!!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

MULHER!!


Sou somente ...uma MULHER!!
Sou um vento que vaga...
Envolvendo todo o seu ser.
Sou como a lua no céu claro,
Com segredo a esconder...

Sou vaidosa e impetuosa,
Na minha maneira de ser.
Sou sincera e carinhosa,
Para quem de fato merecer.

Sou romântica e talentosa,
Faço da vida uma reflexão.
Mas às vezes sou impiedosa,
Com quem fere meu coração.

Aprecio a beleza das rosas,
Que me trazem inspiração.
Deleito em versos e prosas,
Para alimentar minha emoção!

Sou sensível e sonhadora,
Sou leal a quem me quer.
Não sou anjo ou pecadora...
Sou somente uma mulher!

MULHER MAGOADA


Amas-te quem te amou.
Amas-te quem te deixou.
E sempre que pensas em voltar amar ...recusas e foges humilhada por ti mesma,humilhada pelos risos imaginados da tua consciência.
E agora sentes-te perdida e fraca para voltar a enfrentar o que julgavas vencido.
Assim a mágoa envolve o teu coração,e tu choras,foges para um lugar onde possas estar só ...e gritas para te libertarem dessa dor que te prende ao medo.
Ergues o teu olhar assustado e sem brilho,com receio da traição,com receio de voltares a ser apunhalada pelas costas...e por isso voltas a perder a tua vontade de viver.
por isso pensas em suicidar-te,mas és cobarde demais para isso.
A tua coragem é minima,mas ...mesmo que o conseguisses...a tua alma para onde quer que fosses jamais descansaria,a tua consciência pesaria para sempre.
A furia do Amor jamais foi vingada por alguém!!
Amei-te?
Amaste-me?
Hoje,o presente,o futuro,pois o passado não voltará.
Recordo com saudades os mesmos lugares onde tantos sonhos vivi,onde tanta teia fantasiei e teci,onde em palavras descrevi o meu amor por ti.
Hoje,torno a percorrer sózinha esse caminho,tento encontrar-te na imensidão da estrada...mas tu não estás lá.
O pó faz-me chorar os olhos,o pó...?!Não,não é o pó que me faz chorar,é a mágoa que deixaste em mim.
Olho para o céu e pergunto:
Porquê eu?
Porquê a mim?
Não obtenho resposta,pois a unica pessoa que ma poderia dar eras tu...não só a estas ,mas a muitas outras que me sufocam sem me deixar respirar o ar puro da vida.
Ar puro?
Não,já não existe ar puro...
Tu poluiste o ar,poluiste a minha vida,poluiste o meu ser.
Poluiste-me com esse amor que deixaste crescer dentro de mim.
Nunca vou esquecer o sabor dos teus lábios,o brilho dos teus olhos,o teu sorriso.Nunca poderei esquecer aquele que me fez crescer mais um pouco,sim porque com o sofrimento crescemos para a vida!
Voltarei ao lugar onde pela primeira vez te encontrei,mas não serei a mesma.A criança que conheces-te não existirá mais,existirá apenas a mulher que um dia viveu uma ilusão de amor!!
Quando me quiseres encontrar ...saberás onde me procurar,porque embora tente fugir á realidade estarei sempre a tua espera.

sábado, 11 de dezembro de 2010

"...eu..."


eu tou assim.....sedenta de ti..
porque te quero mto...porque te adoro...porque....

........Gosto das tuas palavras ao meu ouvido em jeito de sussurro, e dos teus beijos como se fossem os primeiros.
Gosto da tua pele na minha, que arrepia ao subtil toque, o qual me deixa sempre ficar na pele o suor de momentos.
Gosto dos momentos de paixão, momentos únicos, momentos de energia em movimento.
Gosto das cócegas, daquelas suaves... quase como uma brisa dos lábios a tocar nos pêlos.
Gosto dos corpos do avesso, dos olhos fascinados e do prazer de sentir o infinito.
Gosto dos sorrisos melosos, olhares indiscretos e da nudez da alma.
Gosto quando me pintas o corpo, como se eu fosse uma tela, e usas o que sentimos como cor.
Gosto de viver cada momento e construir pequenas felicidades.
Gosto do sabor a paixao da tua boca, e do cheiro que fica na cama.
Gosto do colapso dos corpos na fusão dos sentimentos.
Gosto das frases soltas, em novelos de pensamentos.
Gosto quando me chamas... me queres por perto, tão perto que me possas sempre tocar.
Gosto de caminhar de mão dada com os nossos sonhos e inspirações.
Gosto quando dizemos o que pensamos, pensamos o que sentimos e sentimos o que dizemos.
Gosto de nos sentir assim, apaixonados, ardentes, arrebatados, impetuosos, exasperados e indomáveis.
Gosto de nos saber, e sentir o que somos.
....Somos o que somos porque decidimos sê-lo............

"..."


Não me peças palavras, nem baladas,
Nem expressões, nem alma...Abre-me o seio,
Deixa cair as pálpebras pesadas,
E entre os seios me apertes sem receio.

Na tua boca sob a minha, ao meio,
Nossas línguas se busquem, desvairadas...
E que os meus flancos nus vibrem no enleio
Das tuas pernas ágeis e delgadas.

E em duas bocas uma língua..., - unidos,
Nós trocaremos beijos e gemidos,
Sentindo o nosso sangue misturar-se.

Depois... - abre os teus olhos, meu amado!
Enterra-os bem nos meus; não digas nada...
Deixa a Vida exprimir-se sem disfarce!

......

SAUDADE..!!


Saudade é um sentimento que ainda não descobrimos se é bom ou mau, pois a saudade quando invade, faz-nos ficar tristes mas ao mesmos tempo felizes.Tristes porque estamos longe de quem gostamos, e felizes porque se estamos sentindo saudade é porque realmente gostamos dessas pessoas e sabemos que elas fazem-nos falta no nosso dia-a-dia. Mas porque sentimos a tal da saudade? Bom...essa é uma questão impossível de se responder! Cada pessoa sente este sentimento por uma razão.Temos que ser fortes para suportar a saudade, porque a dor de estar longe de quem gostamos é muito forte e ás vezes pode parecer impossível de se suportar, mas não é! A maneira mais fácil de suportar a saudade é não ficar pensando na distância que nos separa das pessoas ,mas sim do dia em que nos encontraremos!

Saudade é Tempo! Anos! Distância ! Lembrança! Reconhecimento de erros! Desejo de corrigir!!!!

DECEPÇÃO....


É decepções... que causamos aos outros e a nós mesmos!

Perder uma vez ou outra é inevitável. Mas é, sobretudo, inaceitável. Mas, por que, se sabemos que as marés vão e voltam, se a felicidade não é uma constante e a infelicidade também não?

Quando precisamos admitir que falhamos na nossa vida, que seja sentimental, profissional ou em qualquer outra área, é difícil. Mas é mais difícil para quem? Para nós? Ou para os outros?!

O que mais faz mal, muitas vezes, em admitir uma decepção, uma falha, é que nos preocupamos com o que os outros vão pensar, o que vão dizer. Embora as pessoas, a vizinhança, o grupo de amigos e mesmo a família, não paguem a nossa água ou nossa electricidade, preocupamo-nos sempre com o que vão pensar caso não sejamos as pessoas "perfeitas" que deveríamos ser. Dizemos... que é o que esperam de nós?

É por causa dessa expectativa que achamos que criamos nas pessoas ou na sociedade, que preferimos viver numa farsa, uma comédia, onde representamos um papel, nem sempre de protagonista, mas um papel! Fingimos ser felizes, que tudo vai bem, que temos um grande amor, um casamento perfeito, amizades perfeitas, um trabalho ideal. Mas no nosso interior choramos.

AMOR


Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de min... Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante para min é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível... E que esse momento será inesquecível... Só quero que os meu sentimento sejam valorizados.
Quero sempre poder ter um sorriso estampando no meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre... E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor. Quero poder fechar os meus olhos e imaginar alguém... e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em min quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.
Cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.

QUERO O SILENCIO.....!!


De perdas entendo, e minha alma o sabe
Da impotência de ver o sonho ruir, também.
Despi-me de todo preconceito, fui só verdade
Joguei fora medos, amei sem reservas, fui além

Chorei em silêncio, alma ferida de morte
Palavras ultrapassam limite, flutuam amenas
A falta de você me rouba o ar, perco o norte
Mescla de sentimentos, que não viram poemas.

Estico frases como se assim visse, assimilasse
O que ainda está aqui, camuflado, escondido
Este sentir, dentro dos silêncios meio perdido

E qual nuvem que o menor vento desfizesse
Hoje vai ser assim, calo o lamento e meus ais
Quero a placidez do silêncio, nada mais.

A TRISTEZA

 A tristeza é um sentimento indesejado, mas que, de vez em quando, visita o nosso coração. Ficamos tristes quando, sentimo-nos solitários, sofremos uma decepção.
Porém, acho que a maior tristeza, é quando morre alguém(mas não foi) que amamos, nestas horas a tristeza é tão grande, que não tem explicação. Ficamos tristes, da mesma forma, quando somos zombados, quando alguém nos fere com palavras ofensivas. Nos entristece, igualmente, quando erramos. Nestas horas, a tristeza, torna-se uma virtude, levando-nos a correção. A tristeza nos inspira a escrever um poema, ou cantar uma canção. Acredito, que a tristeza tem seu lado ruim e seu lado bom!

Quando seu lado ruim vier, não se deixe abater, lembre-se que, até jesus se entristeceu e suou sangue com grande agonia no coração, mas foi até o fim e alcançou a vitória.

Para quando tu  sentires a tristeza, aproximar-se Dele e Ele aliviará o seu coração......

boa noite....desejo-te tudo de bom para a tua vida mesmo , sem muitas tristezas  

A TRISTEZA É PASSAGEIRA,TRAZ MARCAS,LEMBRANÇAS DO QUE FOI OU DO QUE NÃO FOI....SÓ QUE TE DEIXA MAIS FORTE,RESISTENTE AS TEMPESTADES FUTURAS E NO FINAL A TRISTEZA FOI APENAS MAIS UMA AULA DE FÍSICA...DIFÍCIL,PORÉM SOLUCIONÁVEL ....

um grande beijo......e um abraço bem apertado ,para dar todo o carinho , que tanto necessito....

daniel.....

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Saudades


Por vezes penso que tudo está finalmente bem, que somos realmente felizes e nesse lindo momento…Volta tudo à estaca zero.

Lágrimas derramadas, dor no peito que mal nos deixa respirar, o aperto no coração...depois vêem sempre as célebres frases...A vida é assim mesmo"A Vida continua e foi assim foi porque tinha de ser"

Já pensei que o destino só depende de nós mesmo? Que se sofremos é por culpa nossa? Tenho culpa sim,Sou a maior responsável por tudo o que acontece,Sinto-me estupidamente parva por não conseguir fazer algo tão simples como te fazer acreditar em mim.

Só não tenho saudades de ser aquela estúpida com medo de entrar para viver a vida, tenho saudades de quando nós dois começámos, tenho saudades de ti, de mim, de nós. Foi aqui que tudo começou. foi aqui que nos entregamos e prometi amar-te sempre como te amo, e não quero desaparecer da tua vida.

Um beijo meu amor...amo-te...

"Meu amor"


A minha alma tem um tamanho da luz do dia, do céu estrelado
Tem o tamanho do que sinto porque a minha alma não descansa, e nunca cessa
de esperar o melhor da vida
Quer ser tocada, quer ser amada.
Só eu sei o quanto o sonhei
E continuarei a sonhar, não vou desistir
Por vezes posso fechar os olhos e chorar
mas sei que a minha alma tem o tamanho do mundo
Por vezes ela sorri, por vezes desaba e cai ao chão
Mas não desiste de ser feliz, apesar de saber que o amanhã poderá não ser tudo como gostava.

O amor faz viver a alma e no dia-a-dia o renascer de sentimentos...

Quero - te amar com carinho, com força, com tudo que sinto dentro de mim…

Não deixo de querer o que quero mesmo sabendo que é sempre mais que este mero esperar da vida.

Amo-te

"Dá-me um abraço"


De repente deu vontade de um abraço...
Uma vontade de proximidade...
Talvez um aconchego que amenize as dores...

Afectuoso e ao mesmo tempo forte

ter saudade de um abraço. que me eternize o tempo
e com ele preencha todo espaço... lembro do carinho,
que me surge, devagarinho,
da magia da união dos nossos corpos

lembro do calor das mãos,
acariciando e o enlaçar dos braços, na transfusão de forças,
em toda a suavidade do momento... um consolo , compreensão,
abraço sentindo segurança, um abraço de verdade,
com a nossa cumplicidade na fusão de energias que desata os nós,
transformando-nos em envolventes laços.

Queria afastar toda e qualquer angústia.
no despertar de alegria,
e me acalme o coração...
no amor e na emoção....penso em ti
Nessa tua energia,
nessa tua sensibilidade,
que sabe entender o porquê,
desta minha vontade.

Porque te amo *

 

TE AMO


Por vezes para escrever o que me vai na alma,
bloqueio. As palavras atropelam-se, escreverà velocidade que penso é difícil, abrir as entranhas, rasgar asbarreiras criadas, e os sentimentos no coração!
Esta mistura de emoções fortes, algo contraditórias, mas não me impedem de viver…
Sem procurar justificar esta minha postura perante a vida, com aquilo que ela é…Mas com uma felicidade á flor da pele…e a força do teu amor...de ser amada faz-me ser uma mulher especial, uma mulher diferente porque te Amo ...

AMOR..!!


"Eu te Amo"...
e te amarei durante a minha eternidade...
Amo-te nos teus gestos, no teu sorriso, na tua voz,e em tudo que és!
... Na vida... No fim... nada nem ninguem me pode tirar este sentimento que tenho dentro mim.
Eu quero-te amar, amar muito nas horas de tristezas, pois a tua lembrança só me traz força e alegria...
Te amar cada vez mais quando o nosso momento chegar, pois amor e alegria faz parte da própria felicidade...e sou feliz porque te amo...
Mesmo que na vida existam trevas...ou o amor se torne em algo extinto,eu amo-te...porque o verdadeiro amor alimenta a própria existência...e é o mais lindo sentimento...

Moras dentro de mim..."Amor"

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

MEU ANJO..!!


Meu Amor..!!
Hoje, quero aqui afirmar-te, declarar-te, abertamente que és a inspiração, a magia que dá vida às minhas palavras.
Faço isto para que percebas a dimensão dos sentimentos, faço-o porque preciso gritar ao vento o amor que carrego.

Amar-te, na dimensão do universo, com a força de um oceano inteiro, não significa sequer tocar-te, não importa sequer ver-te, importa, sentir-te, mesmo sem estares aqui, adivinhar-te o pensamento, mesmo na distância, fazer-te arrepiar, numa sensação de prazer, sem esticar um dedo.

Amar-te sem conhecer-te o corpo, mas fazendo-o vibrar, sem falar, no silêncio da noite, dormir contigo sem sequer te abraçar.

Sei que me estás a ler, neste preciso momento, em que estou sentada a teu lado, sentes a minha presença, escutas a minha voz murmurando-te ao ouvido, as palavras, que os teus olhos, gostam ler...

Sinto a amargura escoar-se pela tua garganta, que em silêncio clama por deixar sair um suspiro de alma.
Hoje meu amor, não poderás ter qualquer dúvida, que as palavras que a minha alma deposita sobre esta página, solitária e fria, abandonada, sozinha, no meio de uma imensidão de tantas outras...
Estas palavras meu amor, são tuas, são para ti, são por ti...28\11\2010

☆●•٠·˙DoceSonhar ๋● ღ ☆ ૐ

NESTA NOITE


Vem sonhar esta noite comigo,
E viver o perigo do nosso olhar.
Vem sentir o meu beijo molhado,
Que em segundos nos arrebatará.
Encontro de corpos num vôo preciso,
Sem a menor vontade de pousar.
Peles repletas de infinitos arrepios,
Na esperança de se fazer amar.
Ama me nos lençóis macios,
Neste êxtase que nunca sentimos,
Ou num trançado de pernas no chão,
Deixa-me assim pousar em teu coração.
Espera um pouco...fita me nos olhos,
Falarei  do desejo que me enlouquece,
A cada vez que escuto a tua voz,
Ama-me assim ferindo de vez o meu juízo,
Em teus gemidos fala palavras sem sentido,
E penetra a tua entrega em minhas entranhas,
Recebes nos beijos todos os meus delírios.
E nesta ânsia....mata esta nossa louca sede de sexo.
Vem ser meu nessa paixão tão insana,
Vem! Quero ser tua nesta noite por completo.
Pois meu ser te busca e te sussurra,
Vem...pois há muito ...TE QUERO!


Boa noite Amor....
muitos muitos beijos doces....abraço envolvente....adoro-te

Sobre mim..!!


"Aprendendo... 
que não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência para que a vida faça o resto; que não importa o quanto certas coisas são importantes para mim, tem pessoas que não dáo a mínima e jamais conseguirei convencê-las; que posso passar anos a construir uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos; que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou a falar; que posso fazer algo  num minuto e ter que responder por isso o resto da vida; que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência; que posso ir além dos limites que eu própria me coloquei; ...que eu preciso escolher entre controlar meu pensamento ou ser controlada por ele;que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem...!!

Essência de Mulher.


O mais belo sorriso.
Intuição infalivél.
Sensualidade a flor da pele.
Essência do amor exala na alma.
Forte inteligente objetiva.
Presente nos momentos mais dificeis.
Mãe , amiga companheira.
Cúmplice, amante insinuante amada.
Sabe se fazer desejada.
Abençoada por poder da vida.
Gerar vida em seu ventre.
Sua essência sempre em versos esta presente.
*Jeito moleca, sapeca.
-Quando esbanja seu lado menina.
*Jeito guerreira protetora.
-Quando mostra seu lado mulher sedutora.
Sua essência sempre permanecerá.
E o brilho aos olhos ofuscará.

*-* A FLOR DE LIS.

SOU O TEU ANJO


Sou o teu anjo
Teu demónio
Tua alegria
Tua fantasia
Teus desejos
Teus caminhos proibidos
Sou fêmea carinhosa
Sou ardente sou gulosa
Sou carente e indecente
Sou vadia e atrevida
Sou o amor da tua vida....
(E és mesmo...)

HOJE...!!


Aproveito hoje os momentos

pois o amanhã pode não chegar.!!

Basta pensar-te e toda a minha pele se reveste de desejo
A minha boca fica seca da ausência dos teus beijos
E todo o meu corpo emana vontade...

Basta pensar-te e os meus olhos fecham-se
Vislumbrando apenas os momentos que tivemos
Mas que é tão vivo nas nossas mentes...

Basta pensar-te e sinto que te terei
Nem que seja uma vez só ...
Para quando te voltar a pensar...
sentir-te...e desejar-te...

Basta pensar-te e penso no quanto te quero meu
nos meus braços, e entre as minhas pernas...

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010


Ainda bem que sempre existe outro dia. E outros sonhos.E outros risos. E outras coisas. E outras pessoas. E outros amores. hoje estou a viver momentos de felicidade ctgo:))))

LIBERDADE


Quero ser livre...
Mas o que é liberdade
Senão um conceito mutável
Uma utopia que evolui...
Liberdade total só se tiver poder total
E eu não o tenho
Pois continuo cativa do seu amor
Não importa o que acontece, como ou quando
Eu estou sempre lá acorrentada nessa paixão
Mas talvez eu nem queira ser livre
Ou talvez eu acredite que já o seja
Assim, erroneamente, eu caminho para um mundo feliz
Onde você é o meu senhor...

Alessandra

"Amar não apenas dar, é também receber, é dividir carinho, saudades, lágrimas. Amar é poder saber que o outro também nos ama, na mesma intensidade, no mesmo valor. Amar,não é chorar pelos cantos, sofrer desencantos ou até mesmo se perder na multidão. Amar é ter um coração puro onde as mágoas e tristezas não se cheguem. Isso é o amor!
Puro, simples e efetivamente duradouro.
Não temos donos e nem presas, não nos prestamos para serviçais sentimentais. Somos seres mortais que se abalam, que se ferem, que sentem as mesmas coisas que a outra pessoa.
O Amor não pode ser singular e o plural tem que ser restrito a mais um e não ao coletivo.
O amor não pode ser medido por quatro paredes ou lençóis de seda, não pode ser comparado com promiscuidade.O amor verdadeiro é aquele nos faz perde o fôlego e o sono e a fome estar restrita em sempre estar ao lado de quem se Ama”!

QUERO UM BEIJO


Quero um beijo, um beijo com sabor ardente,
daqueles que a gente perde o ar
que nos faz suspirar de desejo, e que num só lampejo
enlaçados pela loucura, nos levam ao céu flutuar.
Um beijo que seja a cura, o remédio certo para a loucura,
e toda a saudade que for sentida.
Um beijo com sabor inexplicável, inigualável tentação primeira,
que nos tire o juízo e a roupa, atirando-nos a cama, providos,
de desejos loucos e incontidos.
Eu quero um beijo só meu, cujo sabor possa sempre guardar,
até o próximo enlace, e que na despedida possa levar,
para o meu mais íntimo sonhar.
Um beijo, com sabor de pura aventura, onde nua possa me entregar inteira,
a boca que atiça e chama, a esta minha boca que ama e clama,
pela mais doce e desejada saliva.
Quero lábios sedutores sem pudores, sem medo da entrega verdadeira,
quero um beijo, um beijo eternizado, onde os sentimentos sejam respeitados, 
onde o beijo seja sempre o mensageiro,
de um inicio perfeito para o amor.....

boa noite...bons sonhos
um beijo, cheio de loucura, ardente, sedutor e cheio de amor....

um brande abraço bem apertado cheio de carinho...adoro-te

SEDUZ ME


Seduza-me em teu olhar, conquiste este meu coração,
deixa que o anseio dos teus lábios, encontre nos meusa cumplicidade, 
sinta na minha pele este arrepio, seja

por instantes apenas o meu amante, deixando
que a noite possa observar, em nosso olhar,todos os nossos sonhos.
Deixa que a loucura nos envolva, para explodir em total prazer,
no cavalgar, do meu corpo sobre o teu, deixa que

este desejo nos guie, pela madrugada sem fim,
deixa que o dia amanheça, e nos encontre grudados,
dissolvidos em orgasmos.
Muito mais do que tudo, deixa teu coração comigo,
nas batidas descompassadas, que tanto desejo

escutar em teu peito, deixa por fim que um beijo nos acalme,
para sonharmos um nos braços do outro,

após saciar este louco desejo,
Que sempre existiu entre nós......

boa noite...dorme bem , bom descanso

enorme beijo.....grande grande abraço...adoro-te

sábado, 4 de dezembro de 2010

DOIS EM UM..!!


"Duas peças
Duas vontades
Uma só aura
Eternamente fundida
Corpos encaixados
Desejos inflamáveis
Cama desfeita
Lençóis sobre o corpo
Num perfume nosso
Deitados
Sorrimos
Olhos nos olhos
Rimos felizes
Bastante relaxados!..."

Paixão Ardente...


" Esta chama voraz que arde em meu peito
Me atordoa, me embala, me agita no leito,
Em pseudos e doces espasmos de dor...
É dor saborosa, que leva à loucura,
Que acalma, aquece, entorpece, tortura,
Insolentes e castos eflúvios de amor...

Que são estas ondas tão incoerentes,
De sons e de cores, fortes, envolventes,
De tantos sabores paradoxais?
Serão os sentidos que me estão a enganar,
Ou apenas os sonhos que me vão embalar,
Nos meus dias maduros... tristes... outonais?

Confesso...
... é o grito, o brado, o clamor, a explosão,
Louco sentimento mesclado em paixão,
Que sinto por ti e é tão delirante...
Que só se acalma quando adormeço
E do mundo, da vida, das dores esqueço,
No pouso encantado de teu peito amante!..."

Lascívia da Lua...


"A lua saiu esta noite
A passarela sensual preparou o desfile
Os versos corriam…desejos
Cores fogosas arrebentavam
Num magnifico artificio libidinoso
Era folia…amor, sobejo de anseio carnal
Começava a dança do evento
A passos cadenciais
Alvíssaras senhor! O beijo ao de leve surgiu
Na face, na boca, no pescoço
As carícias emergiram
As línguas seguiram o trajecto até ao umbigo
Desceram vagarosamente até ao centro
Gozando o prazer subjugado
Destrancaram-se as algemas
Entrelaçaram-se os corpos
E os passos de dança inventaram subtemas
Alternaram-se os copos, saíram poemas
Expulsaram-se orgasmos sem fim
E os corpos ficaram num só desmaio

Assim:
Cores fogosas arrebentavam
Num magnifico artificio libidinoso!..."

Luz da Lua...


"Sombras do luar
Silêncio profundo
Dorme a natureza
Emudece o mundo
Silêncio da noite
Vem, que é hora de amar
De pertencer e ser
Se entregar sem pensar
E na noite, viver
Afundar num sonho estranho
Beber do cálice duo
Embriagar-se de amor
Sobreviver ao desastre
Tocar o corpo quente
Sentir sentimento fugaz
E no turbilhão que se forma
Seguir sem olhar para trás
Silêncio na noite
Apenas sombras
Do luar!..."

O QUE QUERES???


"O que queres???"

Quero olhar-te nos olhos
Profundamente
Intensamente
Quero que me hipnotizes com o teu olhar ... 
Quero sentir o teu beijo
Pode ser
Doce
Ousado
Delicado
Terno
Demorado
Mas quero-o sentir...

Quero sentir o aroma da tua pele...

Sentir o teu toque...

Sentir nossos corpos entrelaçados...

Quero olhar-te nos olhos enquanto nos saciamos...

Sentir o arder do nosso desejo...

Sentir o vulcão que há em ti...

Quero-me vestir de negro com toda a tua luxúria...

Puro é esse momento,
Quando não controlamos nossas mentes...

Lord of Darkness

Sonhadora.....


Sonhadora de um Mundo com magia de luar...
Olhos góticos de rímel e cílios negros...
Sensualidade perturbadora com cheiro de cravo...
Hipnótico cintilar no olhar cravado no peito...
Sanguinária vampira seca pelo adocicado sabor de sangue vermelho de paixão...
Que mudanças aspiras neste mundo sombrio...
Mundo com vidas moldadas e sem sangue...
Ingénua entrega pérfida...
A única mudança que pode haver é o vermelho que há em ti...
No marinho da noite...
Marinho beija-flor...
Marinho da alma e do amor...
Fugidia nocturna que precisa sorver magia...
Como identificação da alma...
Numa tentativa de decifrar segredos e encantos...
do Amor...
...sombrio...
...obscuro...

Nossas Mascaras....


Mostre-me o espelho onde nossas mascaras caem,
E tu cairás diante de mim.
Procurando por nossas almas.

Por que me deixas cair em pétalas brancas, 
Se nelas não encontrarei liberdade?
Até o sangue derramado sobre elas
Arrasta-me para as ruínas da minha alma

Deste-me o vinho sem águas para limpar as feridas,
Tornaste- me cega de amor.
E até em meu último suspiro, 
Ecoará meu canto de liberdade.

ღ☆ૐ●MusaMisteriosa ●ღ☆ૐ 

JÁ É NOITE


Já é noite, tarde da noite, os meus pensamentos viajam pelo imaginário das minhas emoções, imagino ser um pedaço da lua, nua, inerte, parada, fixada no céu, no imenso céu da minha imaginação. De onde estou consigo tocar nas estrelas, lindas e delicadas, todas brilhantes e fortemente ofuscantes, agarro uma, depois outra, olho para elas e vejo a mim mesmo, não nas estrelas, mas no reflexo dos seus brilhos magistrais. Daria tudo para nunca mais sair daqui, faria qualquer coisa para prolongar esta noite por uma eternidade, de lua calma e fria, calada, aconchegante, como se a noite estivesse em mim, num silêncio profundamente acolhedor. Sinto o sereno e acolho a madrugada, não espero o dia amanhecer, eu não desejaria o dia nesta noite, quero apenas a delicadeza e o carinho que a brisa me faz, toco nas gotas de orvalho, vejo diamante nas gotas. Acho que estou apaixonada! Não me sinto assim desde o meu primeiro amor, o amor que nos faz pisar nas nuvens e transporta-nos ao céu, vivemos a verdadeira magia de estar acompanhados com os astros mais belos e inspiradores do universo. Magia essa que se perpetua para sempre no nosso ser, fazendo revivê-los sempre que sentimos o bater de um outro coração, a paixão é um momento mágico, temos alguns instantes encantados que se tornam eternos. Como fugir? Não dá, o risco de se apaixonar de novo é iminente, a paixão não tem tempo a perder, a vida é curta demais, como nesta noite, fria e serena, o amor é quente e cauteloso, mas pode tornar-se eterno e consumir a noite num instante apenas. Os Meus pensamentos trazem para junto de mim a tua presença, já não sei mais se hei-de tocar nas estrelas ou na estrela; Tu, os teus olhos chamam-me com essa chama viva e incandescente do nosso amor, que tenta aquecer a noite. O vento, ele eleva te, levando-me diante dessa cena desejando-te, cada fio dos teus cabelos revelam a linha da minha vida que inserida na tua deixa-nos diante do paralelo, entre a lua nua e o teu corpo exposto em pedra de mármore frio. Eu não vou fugir, eu não quero parar de pensar, os meus anseios são grandes, quase um medo, uma ponta do iceberg gigantesco que se tornou o meu amor, mas o frio desse gelo paira entre o calor da nossa paixão e o pedaço da lua que vive em mim. Noite quente com calor imenso, a tua boca derrete os meus lábios e repete o surgimento do meu renascer, sentindo-me embrião na tua mão, o vento em vão tenta apoderar-se de ti, a lua deixa escorrer uma brisa, criando um orvalho de ciúme, tarde demais, eu já não estou mais em mim. O Meu coração! O Meu sorriso mostra-se suave, o meu coração sabe do meu querer, estou diante dos meus piores temores, sabores que jamais possa resistir uma loucura que se faz real, realidade sem máscaras ou faces falsas, contudo com carácter enganoso. Porém se deixar o meu coração palpitar livremente, estou morta, uma morte boa e doce, onde posso velar-me no teu corpo, porque estás ali, diante das estrelas, no meu sonho mais louco, fazendo-me delirar de paixão. Acordar, não posso! Nem estou a dormir, apenas viajo num sonho louco, de amor, de paixão, o amor está na minha vida e eu não devo fugir da realidade que esta noite me propõe, tenho a ti, as estrelas e uma lua ciumenta, porque um pedaço dela sou eu...!!

CANÇÃO DENTRO DA NOITE


Deita em mim tua noite
insone e dormente, exaltada
de suspiros, pensamentos
rubros e ardentes.
Rasga-me as roupas e o
ventre e no desejo do
sem-rumo dos olhos, me
prende com tortura, e
numa batalha rotunda, me
escarnece com ternura, me
inspira e me devora a alma...
Para que na canção dentro
da noite que se tece, quando
meus lábios em tua boca, um
beijo aquece, o menino, hoje
homem em mim...
Ame-a e sonhe, quando no
teu colo adormece.

Não gostam Tu gostas

ღ☆ૐ●MusaMisteriosa ●ღ☆ૐ 

VIAGEM NO TEMPO

Viajei até ao meu sítio paradisíaco. Tirei e arrumei a roupa que tinha levado para os dois dias de estadia, peguei no livro que no momento lia, e fui para um dos sítios que me encantam, me fascinam, me preenchem de serenidade. Uma situação inesperada, impediu-te de comigo teres viajado. Havia falado contigo, sabias para onde me encaminhava. Transportada por aquela atmosfera de pura magia, lá, cheguei. Inspirei o aroma doce e encantador das glicínias que se estendiam e se deitavam pelo muro, decorando-o de lilás e de verde. Entrei, sentei-me numa cadeira de baloiço, pousei o livro ao meu lado e observei o jardim em formas geométricas dividido e por rosas preenchido. Contemplava a beleza que me rodeava e pensava em ti, olhando, tristemente, para o lugar ocupado pelo livro. Numa janela, as cortinas afastam-se. Antes de ser tomada pela vontade de me maravilhar com o interior do quarto, ouço chamares-me… “T…” e um vulto aproxima-se da janela. És tu! Em passos ligeiros, impulsionada por uma alegria que discreta tinha de ser, chego à entrada do palácio onde o porteiro, galantemente vestido, inclinando-se, me diz o número do quarto ao qual me devo de dirigir. Da beleza que me circunda, pouco vejo. Ouves os meus passos, abres a porta do quarto e recebes-me com um beijo terno, demorado, nos meus lábios sorridentes. As cortinas estão fechadas. As velas dos dois candelabros colocados nas mesinhas de cabeceira, iluminam o quarto. “Amor meu!...”, digo-te, com os olhos rasos de lágrimas de contentamento. Levas-me, nos teus braços, e deitas-me na cama, em cima das pétalas de rosas, por ti, cuidadosamente colocadas. Beijamo-nos… um beijo profundo que desperta a paixão, o desejo que em tremuras se sente nos corpos. Beijas-me o pescoço, os ombros ao mesmo tempo que me despes do vestido. Puxo, delicadamente, o roupão de cetim azul que vestes e acaricio-te as costas e o peito, suave e ardentemente. De corpos nus, de peles já coladas, descubro, delicio-me, com beijos, partes tuas ainda desconhecidas enquanto meus seios hirtos, voluptuosos, deslizam sobre o teu corpo. Sinto os teus arrepios e o teu enfraquecimento deleitoso, numa entrega às minhas mãos, aos meus lábios, à minha língua, aos meus braços. Entrelaças os teus dedos nos meus, pedes-me que te beije e entregamos-nos à loucura que nos possui, amando-nos. Sustemos os gemidos e suspiramos. “Amo-te!...”, ouvimos. Levantas-te, dizes-me para aguardar. Inebriada com os nossos cheiros, aguardo-te. Vens, estendes a tua mão pedindo a minha, levas-me para o quarto de banho onde velas com aroma a sândalo ardem e a água, na banheira, está coberta com pétalas de rosas. “Para ti…”. “Não, amor meu, para nós…”. Entro primeiro, dou-te a mão, trazendo-te para mim, e deitamo-nos. Beijo-te, levemente, os lábios, sussurro-te: “Amo-te!...” e abraço-te, entrelaçando as minhas pernas nas tuas. Olhamo-nos, lemo-nos. Com ternura nos dedos e paixão nas mãos, acariciamo-nos, entre beijos ofegantes e numa explosão lasciva, unem-se os nossos corpos...
Vestimo-nos enquanto me delicio com a decoração do quarto. O palácio, lindo, divinamente pintado e ornamentado, tem outra beleza, agora, que a escadaria descemos.
Noite_Saudade

ღ☆ૐ●MusaMisteriosa ●ღ☆ૐ

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

CAMINHO PARA O MAR

Caminho até o mar, expectante de ser inundada pelo nosso sabor salgado que da minha boca, das minhas mãos, do meu corpo desapareceu e um vazio deixou. Defronte a ele, dispo-me e ajoelho-me, suplicando, que me leve a ti e retorne a mim. Em passos lentos, entro, dou-lhe(-te) o meu cheiro, o meu sabor (ainda me sabes?...), as carícias como um tesouro, para ti, guardadas. Uma onda entranha-se pelo meu corpo causando-me um arrepio atroz, um tremor de uma despedida nos lençóis com o nosso perfume esquecida. Coberta por lágrimas minhas ou por afagos do mar, recolho-me, neste tão só meu quarto, também, hoje, despido. As paredes, de um cinzento escuro, como um dia de Inverno, aconchegam-me. Sento-me no chão, encolhida a um dos cantos, pergunto-te se por tanto te amar é que te perdi. Os gritos que a minha voz emudece, despertam em símbolos do nosso amor, no meu corpo com uma lâmina desenhados. Num delírio, sinto os teus lábios os meus beijarem e beijo-te, beijo-te os lábios, saboreio a tua língua, beijo o teu pescoço, delineio-te com os meus dedos que transpiram amor e paixão e tomo-te em mim num suspiro interrompido pelo teu sumiço, como fumo a desprender-se de mim. Prostrada, murmuro dolorida: “Ó Morte por onde andas, que viver eu já não consigo? Vem!”.
Noite_Saudade

ღ☆ૐ●MusaMisteriosa ●ღ☆ૐ